app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Política

TJ deve ajudar governo a receber d�vida de usinas

Os governadores do PMDB foram chamados para uma reunião hoje em Brasília (DF). O encontro é com o vice-presidente da República, Michel Temer. O governador Renan Filho (PMDB) confirmou ontem à Gazeta, durante o desfile de 7 de Setembro, que recebeu o convi

Por | Edição do dia 08/09/2015 - Matéria atualizada em 08/09/2015 às 00h00

Os governadores do PMDB foram chamados para uma reunião hoje em Brasília (DF). O encontro é com o vice-presidente da República, Michel Temer. O governador Renan Filho (PMDB) confirmou ontem à Gazeta, durante o desfile de 7 de Setembro, que recebeu o convite e revelou que vai estar presente. Discreto, o governador de Alagoas disse apenas que fora convidado, e adiantou, na seara local, que deve contar com a ajuda do Judiciário para cobrar dívida de usineiros do Estado. Sobre a crise econômica e política que gera insatisfação e intranquilidade em todo o País, Renan Filho fez um pronunciamento parecido com o do pai, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), que pede união dos brasileiros. Rena Filho disse durante o desfile que “o Brasil vive um momento de união. Precisamos do esforço e da ajuda de todos para o País superar este momento de dificuldade”. Porém, ele ressaltou que o governo federal tem um papel fundamental na superação da crise. “A economia é gerida pelo governo federal. Mas nós [governo estadual] temos que fazer a nossa parte para superar as dificuldades, produzir e gerar empregos”. O encontro em Brasília na verdade será num jantar com o vice-presidente. Os sete governadores do PMDB receberam o convite no domingo passado e ontem. A maioria ficou surpresa e não sabe ao certo qual a pauta da reunião. Eles acreditam que o cardápio principal do jantar patrocinado pelo vice Michel Temer seja alinhamento do PMDB com a presidente, que enfrenta, além da crise econômica e política, uma queda brutal na popularidade. O encontro também deve servir para tratar de reformas tributárias, trabalhista e previdenciária. Antes da viagem, o governador participa hoje de encontros e solenidades em Maceió – uma delas é a entrega da ordem de serviço para a construção da Casa para Gestantes.

Mais matérias
desta edição