app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5731
Política

Lessa aguarda avalia��o m�dica para voltar � C�mara

O deputado federal Ronaldo Lessa, vice-líder do PDT na Câmara e coordenador da bancada federal de Alagoas, vai aguardar o início de março, quando termina a licença que tirou para tratar da saúde, para voltar ao setor médico da Casa, passar por uma nova av

Por | Edição do dia 27/02/2016 - Matéria atualizada em 27/02/2016 às 00h00

O deputado federal Ronaldo Lessa, vice-líder do PDT na Câmara e coordenador da bancada federal de Alagoas, vai aguardar o início de março, quando termina a licença que tirou para tratar da saúde, para voltar ao setor médico da Casa, passar por uma nova avaliação e saber se está apto a retornar às atividades parlamentares ou não. Se não estiver, o deputado entra com novo pedido de afastamento por mais 30 dias, mesmo período da primeira licença, tirada no início de fevereiro. Enquanto isso, o deputado permanece em Brasília, afastado da vida política e em tratamento médico para controlar as crises de cefaleia em salvas que o afastaram do mandato. O cargo segue vago, uma vez que só será ocupado pela suplente, Roseane Cavalcante – a Rosinha da Adefal –, secretária de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos, se o afastamento ultrapassar a 120 dias, conforme estabelece a legislação. Segundo sua assessoria, o tratamento é feito em Brasília e São Paulo, mas até mesmo as viagens de avião estão sendo evitadas pelo deputado, por recomendação médica. Isso porque, de acordo com a assessoria, a pressão causada pelos voos e a oxigenação no avião podem também desencadear as crises de cefaleia. Na única vez que teria vindo a Maceió no período de licença, segundo a assessoria, Lessa teria contrariado determinação dos médicos. No período de maior intensidade das crises de cefaleia, o parlamentar chegou, inclusive, a transportar um tubo de oxigênio, tamanha a dor que sente e as consequências causadas pela cefaleia em salvas.

Mais matérias
desta edição