app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Política

C�mara realiza sess�o especial �em homenagem � classe feminina

A Câmara Municipal de Maceió antecipou as comemorações do Dia Internacional da Mulher, e realizou ontem uma sessão especial para homenagear a classe feminina. O principal tema abordado foi a discriminação da mulher na sociedade, principalmente no mercado

Por | Edição do dia 08/03/2002 - Matéria atualizada em 08/03/2002 às 00h00

A Câmara Municipal de Maceió antecipou as comemorações do Dia Internacional da Mulher, e realizou ontem uma sessão especial para homenagear a classe feminina. O principal tema abordado foi a discriminação da mulher na sociedade, principalmente no mercado de trabalho. A sessão foi proposta pela vereadora Rita Correia (PSC), presidenta da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher na Casa. Solenidade Na solenidade, iniciada após a sessão ordinária, estiveram presentes mulheres que estão à frente de entidades e órgãos públicos (estadual e municipal), e que desenvolvem trabalhos no sentido de valorizar os direitos da mulher. Vereadores lembraram a dificuldade que a mulher possui em ser destacada como criatura humana, agente de mudanças. A ex-vereadora Fátima Borges, que hoje desempenha o cargo de articuladora política do governo de Ronaldo Lessa (PSB), declarou que a Câmara precisa apresentar projetos que favoreçam a classe feminina na sociedade maceioense e eleger mulheres para compor o Legislativo municipal nas próximas legislaturas”. Sociedade A presidenta do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), 19ª região, juíza Helena e Mello, disse que as mulheres precisam buscar maior participação na sociedade. “Nós nos acomodamos. De quem é a culpa da condição solitária e isolada da vereadora Rita Correia, que é a única mulher na Câmara Municipal?”, questionou, salientando a questão da sedução social. “Quem forma o perfil da conduta da sociedade é a mulher”, completou. A sessão especial durou mais de duas horas e contou com a presença de Noélia Lessa (presidenta do Soprobem); Teresinha Ramires (presidenta do Conselho Municipal da Condição Feminina), que também representou a prefeita Kátia Born; Jaci Quintella (presidenta da Guarda Municipal); Wedna Miranda (diretora do Procon/AL); Kátia Alves (secretária do Conselho Municipal da Condição Feminina); Dione Teixeira (também do Conselho da Condição Feminina); Nadir Barbosa (presidenta do Conselho Estadual de Cultura); Carmem Lúcia Dantas (diretora do Museu Théo Brandão); Nenen Breda (presidenta do Conselho Municipal da Mulher Executiva); Ana Nazaré (Cedim); Cléa Cunha (advogada e irmã da ex-deputada federal Ceci Cunha, assassinada em dezembro de 1998); Eliane Nascimento (representante do Conselho Tutelar), entre outras.

Mais matérias
desta edição