app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5716
Política

Prefeita inicia reforma do secretariado

A prefeita de Maceió, Kátia Born (PSB), deu início ontem à reforma do secretariado, em virtude da desincompatibilização dos auxiliares que vão concorrer às eleições. Quatro secretários estão deixando a administração municipal até o início de abril, que é

Por | Edição do dia 09/03/2002 - Matéria atualizada em 09/03/2002 às 00h00

A prefeita de Maceió, Kátia Born (PSB), deu início ontem à reforma do secretariado, em virtude da desincompatibilização dos auxiliares que vão concorrer às eleições. Quatro secretários estão deixando a administração municipal até o início de abril, que é o prazo estipulado pela legislação eleitoral. O secretário de Saúde adjunto, Adeílson Loureiro, substituirá Genilda Leão (PSB), a primeira a deixar cargo no município. Outros três secretários também deverão deixar suas pastas. Entre eles, Daniel Bernardes (PSB), da Infra-Estrutura, Davi Davino (PSDB), do Abastecimento, e Jaudeni Coutinho (PSB), do Gabinete do Governo. Os dois últimos já têm mandato de vereador por Maceió e estão licenciados da Câmara para exercer o cargo de secretário no Executivo. No âmbito do Estado, o governador Ronaldo Lessa ainda não acenou com as mudanças. Mas quatro secretários do PSB vão deixar a administração nos próximos dias. Petrúcio Bandeira, da Agricultura, Marcos Ferreira, do Trabalho, Patrícia Mourão, do Turismo, Maria José Viana, da Educação, e o presidente da Fundação Universidade Ciências da Saúde (Uncisal), Jurandir Bóia, vão disputar as eleições deste ano. A desincompatibilização promete chegar inclusive nas prefeituras do interior. Atualmente, pelo menos dois prefeitos estão dispostos a disputar cargos legislativos nas eleições de 6 de outubro. O de Matriz de Camaragibe, Cícero Cavalcante (PTB), e a de Roteiro, Maria Helena Jatobá (PSDB).

Mais matérias
desta edição