app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5712
Política

TC anuncia pagamento do 13� sal�rio de 2001

O Tribunal de Contas do Estado vai pagar o 13º salário de 2001 aos seus servidores nos dias 10 de abril e 10 junho. O anúncio, que foi feito durante todo o dia de ontem no sistema de som daquele órgão, foi bastante comemorado pelo pessoal da Casa, que j

Por | Edição do dia 22/03/2002 - Matéria atualizada em 22/03/2002 às 00h00

O Tribunal de Contas do Estado vai pagar o 13º salário de 2001 aos seus servidores nos dias 10 de abril e 10 junho. O anúncio, que foi feito durante todo o dia de ontem no sistema de som daquele órgão, foi bastante comemorado pelo pessoal da Casa, que já não tinha esperança de receber o benefício neste semestre. A notícia foi recebida com surpresa pelos funcionários da Assembléia Legislativa, que também não receberam os salários de dezembro do ano passado. Segundo o presidente do sindicato da categoria, Aroldo Loureiro, é estranho que o governo tenha liberado recursos para o pagamento do atrasado no Tribunal e não tenha liberado para o pagamento na Assembléia. Ele disse que a situação dos dois órgãos era semelhante, porque o Executivo deixou de repassar o último duodécimo de 2001 para ambos. Os servidores da Assembléia estão ajuizando uma ação contra o governo no Tribunal de Justiça, onde cobram o pagamento dos salários de dezembro. Eles já possuem outras tramitando no Tribunal, onde cobram mais de três folhas de 1996. O pagamento do 13º salário de 2001 no Tribunal de Contas pode ser mais um argumento dos funcionários para anexar à nova ação judicial. “Ela está sendo concluída pelos advogados e daremos entrada em breve”, disse Loureiro. Assembléia A Mesa Diretora da Assembléia estará pagando os salários deste mês para os servidores da Casa na próxima terça-feira, segundo informações passadas ontem pela presidência ao sindicato. O pagamento será extensivo aos comissionados, que têm recebido em datas diferentes. Já a verba de gabinete dos deputados, que aumentou para cerca de R$ 30 mil em janeiro, ficou de ser liberada ontem. Segundo Loureiro, a verba sai primeiro, porque independe de prazo para compensação bancária. No caso dos salários, a Mesa Diretora transfere os recursos liberados pelo Executivo da Caixa Econômica para o Banco do Brasil, o que exige um prazo mínimo de 48 horas. “Estamos recebendo os salários dentro do mês trabalhado. Isto é importante”, frisou.

Mais matérias
desta edição