app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5714
Política

CPI da CPMF: instala��o ocorrer� hoje na C�mara

Brasília – O presidente da Câmara, deputado Aécio Neves,  prometeu para hoje, às 10h, será  instalada a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) destinada a  apurar a aplicação dos recursos  financeiros arrecadados com a  CPMF. O presidente da comissão  se

Por | Edição do dia 27/03/2002 - Matéria atualizada em 27/03/2002 às 00h00

Brasília – O presidente da Câmara, deputado Aécio Neves,  prometeu para hoje, às 10h, será  instalada a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) destinada a  apurar a aplicação dos recursos  financeiros arrecadados com a  CPMF. O presidente da comissão  será o deputado Átila Lira (PSDB-PI). Aécio informou ainda que na terça-feira da próxima semana deve ser instalada a CPI do INSS. A Câmara dos Deputados terá hoje duas novas CPIs (comissões parlamentares de inquérito). Uma será destinada a investigar a aplicação dos recursos da CPMF; a outra, para apurar irregularidades no recolhimento de contribuições ao INSS. A intenção da Mesa Diretora é instalar as duas CPIs simultaneamente. O autor do requerimento de criação da CPI que vai apurar o destino dos recursos arrecadados pela CPMF, deputado Pompeo de Matos (PDT-RS), justifica a necessidade de investigação por considerar que o governo federal está utilizando as verbas para outros fins que não o custeio e a melhoria do sistema público de saúde. “A CPMF é um tapa-buraco do governo. É isso que queremos que a CPI investigue, e eu tenho a convicção de que é isso que a CPI vai apontar, porque a saúde do brasileiro em nada melhorou com a CPMF. Então, onde está o dinheiro? A CPI vai identificar para onde foi, quanto foi gasto e quem determinou esse gasto”, disse Matos. O vice-líder do PT, Walter Pinheiro (BA), afirmou que antes da instalação da CPI da CPMF seria apropriado que a Comissão de Fiscalização e Controle e a Comissão de Orçamento realizassem uma análise detalhada sobre a destinação dos recursos arrecadados para subsidiar os deputados. “Nesse exato momento acho que a CPI pode nascer com dificuldades, sem antes ser realizado esse trabalho”, ressaltou.

Mais matérias
desta edição