Nº 0
Política Rui Palmeira destaca que é unanimidade entre os prefeitos a manutenção das medidas

AMA PEDE QUE PREFEITOS MANTENHAM MEDIDAS PREVENTIVAS

Posicionamento da associação é uma resposta a Jair Bolsonaro sobre o coronavírus; em Maceió, Rui Palmeira reforça precauções

A Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) divulgou nota, ontem, para que os prefeitos alagoanos mantenham as medidas preventivas no combate a Covid-19 (coronavírus). No documento, a entidade avalia como “inoportuno” o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro, que chegou a estimular o fim do isolamento social à população e orienta aos gestores para que deem continuidade às restrições para conter o avanço da doença. “A Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), entidade representativa dos 102 municípios do estado, avalia como inoportuno o pronunciamento do Presidente da República, que tem gerado inúmeros conflitos entre os poderes da República, prefeitos e população. O momento pede cautela à consolidação de estratégia para enfrentar a pandemia e proteger a vida e a saúde da população brasileira e é exatamente isso o que os gestores alagoanos têm feito, contribuindo decisivamente para que o coronavírus não se espalhe no Estado”, consta na nota assinada pela presidente da entidade, prefeita de Campo Alegre, Pauline Pereira. De acordo com o material, os prefeitos têm cumprido todos os decretos, federal e estadual, e buscado meios para manter e proteger as pessoas em casa, principalmente idosos e grupos de riscos. “Prefeitas e prefeitos reafirmam que têm responsabilidade com sua população e que continuarão seguindo, rigorosamente, as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e, até o momento, do Ministério da Saúde do Brasil, no enfrentamento a essa pandemia. As declarações presidenciais colocam prefeitos e governadores como tomadores de ‘decisões exageradas’ , o que é uma inverdade. Resguardar a vida das pessoas é o princípio humanitário de quem tem responsabilidade de liderar e nós temos”, reforça a AMA em nota. O prefeito Rui Palmeira (sem partido), por exemplo, participou de reunião virtual com a Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), composta por gestores das capitais do Brasil, para discutir medidas articuladas de combate à Covid-19.

Durante o encontro virtual, os prefeitos discutiram a necessidade de manter o período de isolamento. Segundo o Rui Palmeira, é unanimidade entre os gestores das grandes cidades brasileiras a manutenção das medidas publicadas. “A orientação é para os cidadãos permanecerem em casa. É um momento grave que estamos vivendo no nosso país e no mundo, e reforçamos a necessidade de as pessoas só saírem de casa em situações de extrema necessidade”, alerta Palmeira.

A entidade afirma ainda que, no âmbito econômico, seguirá junto com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) defendendo apoio financeiro aos municípios.

Mais matérias
desta edição