app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Política

PARTIDOS TÊM ATÉ AMANHÃ PARA REALIZAR CONVENÇÕES

.

Por thiago gomes | Edição do dia 15/09/2020 - Matéria atualizada em 14/09/2020 às 22h31

A lista ainda não fechou, mas Maceió já tem, oficialmente, seis candidatos a prefeito para as eleições deste ano. Só no último fim de semana, mais quatro nomes definidos em convenção partidária aumentaram a relação dos que irão disputar a sucessão municipal: Corintho Campelo (PMN), Davi Filho (Progressistas), Ricardo Barbosa (PT) e Valéria Correia (PSOL). Além deles, o Patriota já havia lançado Josan Leite e o PCdoB, Cícero Filho.

Até o dia 16 de setembro, prazo limite, estipulado pela Justiça Eleitoral, para a definição interna das legendas partidárias, o número de candidaturas pode chegar a dez. Isto porque outras quatro legendas, pelo menos, anunciaram pré-candidaturas ao cargo majoritário em Maceió. Com este quantitativo, a capital pode ter um dos pleitos mais acirrados das últimas décadas.

No sábado (12), foi oficializada a candidatura do deputado estadual Davi Filho à prefeitura. A convenção aconteceu no Ginásio do Colégio Fantástico, no Benedito Bentes, e reuniu bastante gente, contrariando as regras sanitárias impostas durante a pandemia do novo coronavírus. O candidato a vice da chapa que reúne, além do Progressistas, o PSL, Democratas, Solidariedade, Republicanos e Cidadania, será o médico Emmanuel Fortes. Oitenta concorrentes à Câmara Municipal foram apresentados.

Mais três candidaturas foram lançadas no domingo (13). O ex-prefeito e engenheiro Corintho Campelo volta ao cenário de disputa após ter seu nome aprovado na reunião do PMN, realizada no Instituto Carlos Conce. Para vice, o partido escolheu o também engenheiro Gildelson Sampaio, numa aliança puro-sangue e com 20 candidatos a vereador.

O advogado Ricardo Barbosa e a jornalista Elida Miranda são a aposta do Partido dos Trabalhadores. A chapa foi homologada numa convenção virtual, ocorrida na manhã de domingo, sendo transmitida pela internet aos correligionários, quando foram apresentados 30 candidatos à Câmara. Barbosa é o atual presidente do diretório estadual da sigla.

A professora de Serviço Social e ex-reitora da Ufal, Valéria Correia, foi a indicada do PSOL à Prefeitura de Maceió. O nome dela foi oficializado em encontro do partido, realizado na sede da Fetag [Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Alagoas]. A candidatura ao cargo de vice não foi informada. Ao todo, a legenda lançou 20 nomes à disputa por mandato de vereador.

A chapa Cícero Filho e Maria Yvone (PCdoB) foi lançada na quarta-feira da semana passada, com apresentação de 38 nomes à disputa proporcional. Josan Leite e Inês Falcão foram oficializados na segunda-feira (7), com nove candidatos a vereador pelo Patriota.

O MDB marcou a convenção para esta terça-feira (15), quando deve homologar a chapa à Prefeitura de Maceió do ex-procurador-geral de justiça Alfredo Gaspar de Mendonça Neto e do ex-secretário Tácio Melo (prefeito e vice). No dia 16, o PSB promete lançar o deputado federal JHC numa convenção drive-in, em Cruz das Almas, com Ronaldo Lessa como vice. Também no prazo limite, a UP oficializa a jornalista Lenilda Luna.

Ainda há expectativa para o lançamento da candidatura do ex-prefeito e ex-deputado federal Cícero Almeida, pelo Democracia Cristã (DC), mas, até o fechamento da edição, a Gazeta não obteve a confirmação.

Mais matérias
desta edição