app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5716
Política

C�mara anuncia pagamento de atrasados

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Maceió decidiu, ontem, que os funcionários da Casa irão receber parceladamente os salários dos meses de novembro, dezembro e 13º de 2000, a partir deste mês. Junto com o pagamento de abril, os servidores que percebem

Por | Edição do dia 04/04/2002 - Matéria atualizada em 04/04/2002 às 00h00

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Maceió decidiu, ontem, que os funcionários da Casa irão receber parceladamente os salários dos meses de novembro, dezembro e 13º de 2000, a partir deste mês. Junto com o pagamento de abril, os servidores que percebem até R$ 700 por mês (R$ 2.100,00 no total) recebem metade dos meses (R$ 1.050,00, no máximo) e, a partir do mês de maio, todos os 303 funcionários serão contemplados com percentual que vai depender, ainda, do fluxo de caixa do município. Segundo o presidente do sindicato dos servidores da Câmara, Ivan Aguiar, somente com o repasse do duodécimo de maio é que a presidência da Casa saberá qual o percentual liberado para contemplar todos os funcionários. “Nossa expectativa é de algo em torno de 30% a cada mês, mas a atitude já nos tranqüiliza porque já temos uma certeza de recebermos aqueles meses trabalhados”, declarou Aguiar. Com a medida, fica sacrificado o pagamento do 13º deste ano, que será pago no dia 10 de janeiro de 2003. Segundo a Mesa Diretora, a decisão foi tomada devido ao comprometimento da prefeita Kátia Born (PSB) em fazer o repasse dos valores no início do próximo ano. Segundo Ivan Aguiar, com a liberação dos 50% dos salários para quem percebe até R$ 700,00, cerca de 60% do total de funcionários serão contemplados. Na sua opinião, esta foi a forma mais justa encontrada para resolver o problema. A proposta estudada inicialmente, conforme explica Aguiar, era a de liberar um percentual único de 30% a cada mês para todos os servidores, o que geraria uma disparidade. O pagamento vai contemplar apenas os servidores efetivos e que não foram afastados de suas funções no início de 2001 por irregularidades. Ficam de fora, também, os comissionados e os vereadores. Horário O vereador Jaudeni Coutinho (PSB) passou a sessão desta quarta-feira, 03, reunindo assinaturas dos demais vereadores para o seu projeto que será apresentado na próxima semana visando a mudança do horário das sessões da Câmara Municipal de Maceió. Coutinho justificou, afirmando que a maioria das secretarias do município funcionam no horário das 8h às 14h e os vereadores ficam praticamente impedidos de decidir os assuntos ligados ao Executivo devido às sessões ordinárias que acontecem a partir das 9h. O vereador Jorge VI (PSDB) ocupou a tribuna para protestar contra a idéia de Coutinho, afirmando que todos os vereadores já estão adaptados ao novo horário da Casa. “No ano passado nós mudamos da tarde para a manhã e agora voltar atrás é impossível”.

Mais matérias
desta edição