app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Política Presidente do TRE/AL, Otávio Praxedes, e juiz eleitoral de Campo Grande discutem pleito

TRE/AL RETOMA JULGAMENTO DE AÇÕES NA SEGUNDA-FEIRA

Tribunal vai se debruçar sobre os processos de supostas irregularidades registradas nas eleições do ano passado

Por arnaldo ferreira | Edição do dia 20/02/2021 - Matéria atualizada em 19/02/2021 às 23h03

O Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) retoma, nesta segunda-feira (22), as sessões virtuais de julgamento dos processos de supostas irregularidades registradas nas eleições municipais do ano passado. Com relação ao processo que pede anulação das eleições no município de Marechal Deodoro, ainda não foi definida a data de julgamento. Sobre a nova eleição para prefeito do município de Campo Grande, o presidente do TRE/AL, desembargador Otávio Praxedes, confirmou que dia 4 de março é o prazo final para registro de candidaturas e manteve o dia 11 de abril como data do novo pleito. O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indeferiu o registro de candidatura de Arnaldo Higino (PP), prefeito reeleito no município de Campo Grande e determinou a realização da nova eleição naquela cidade. O motivo foi a condenação do prefeito por “ato doloso de improbidade administrativa”. A nova eleição será em 11 de abril. O presidente do TRE já se reuniu com o juiz eleitoral Raul Cabus, responsável pelas eleições suplementares no município de Campo Grande (20ª Zona Eleitoral). Na oportunidade, o magistrado revelou ao presidente do TRE detalhes do clima na cidade. Nos bastidores políticos, há um clima de tensão e muita expectativa. De acordo com a Resolução que orienta a eleição suplementar, as convenções partidárias devem acontecer entre os dias 25 e 28 de fevereiro e o prazo final para o registro das candidaturas é quatro de março. “Fiz questão de me reunir com o juiz eleitoral que comandará o pleito suplementar em Campo Grande para garantir que ele tenha o apoio logístico necessário do Tribunal, fazendo com que a eleição ocorra dentro da maior normalidade possível e em um clima de segurança para todos os envolvidos no processo”, disse Praxedes. Participaram da reunião o diretor-geral do TRE/AL, Maurício de Omena Souza, o coordenador de Serviços Gerais, André Bonaparte, e o coordenador de Registros Plenários, Mário Jorge Uchôa Souza Filho.

Mais matérias
desta edição