app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Política Vereadores decidiram adiar a entrega do título de cidadão após repercussão negativa

CÂMARA ADIA SESSÃO PARA TRATAR DE TÍTULO DE CIDADÃO A BOLSONARO

Proposta apresentada pelo vereador Leonardo Dias não tem mais data para ser colocada em votação

Por Jonathas Maresia | Edição do dia 29/04/2021 - Matéria atualizada em 28/04/2021 às 21h32

Um acordo entre lideranças suspendeu, por ora, a votação dos títulos de cidadão honorário de Maceió ao presidente da República, Jair Bolsonaro, e aos ministros Tarciso Gomes e Gilson Machado, da Infraestrutura e do Turismo, respectivamente. Sob protesto à porta da Câmara de Vereadores e nas redes sociais, as propostas chegaram a entrar em discussão e na pauta de votação na sessão ordinária e virtual desta quarta-feira (28), na Casa de Mário Guimarães. O vereador Leonardo Dias (PSD) apresentou o projeto de decreto legislativo para concessão a Bolsonaro. Na justificativa, o parlamentar apontou que o presidente Bolsonaro realizou uma série de ações em defesa do Brasil, inclusive na pandemia. Dias ressaltou um vultoso volume de recursos federais enviados para Alagoas desde o início da pandemia, em 2020. Os números são bilionários. Apesar da defesa de Dias, o vereador Drº Valmir (PT) e Teca Nelma (PSDB) reagiram às sugestões de título, classificando que o “momento não era adequado” diante da pandemia da Covid-19. Eles argumentaram também que Bolsonaro não é merecedor de tão honraria, por não preencher os requisitos estabelecidos pela Casa. Após a retirada de pauta, não há previsão de quando as propostas retornarão à discussão no plenário da Casa de Mário Guimarães.

Mais matérias
desta edição