app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Política

BOLSONARO INAUGURA OBRAS EM ALAGOAS E MOSTRA FORÇA POPULAR

Ao lado de Collor e Arthur Lira, presidente recebeu calorosa recepção de apoiadores em Maceió e no interior

Por Marcos Rodrigues | Edição do dia 14/05/2021 - Matéria atualizada em 14/05/2021 às 04h00

/Maceió, 13 de maio de 2021
Bolsonaro inaugura residencial no Benedito Bentes com entrega de chaves a moradores. Alagoas - Brasil.
Foto:@Ailton Cruz
/Maceió, 13 de maio de 2021
Bolsonaro inaugura residencial no Benedito Bentes com entrega de chaves a moradores. Alagoas - Brasil.
Foto:@Ailton Cruz
/Maceió, 13 de maio de 2021
Bolsonaro inaugura residencial no Benedito Bentes com entrega de chaves a moradores. Alagoas - Brasil.
Foto:@Ailton Cruz
/Maceió, 13 de maio de 2021
Bolsonaro inaugura residencial no Benedito Bentes com entrega de chaves a moradores. Alagoas - Brasil.
Foto:@Ailton Cruz
/Maceió, 13 de maio de 2021
Bolsonaro inaugura residencial no Benedito Bentes com entrega de chaves a moradores. Alagoas - Brasil.
Foto:@Ailton Cruz
/Maceió, 13 de maio de 2021
Bolsonaro inaugura residencial no Benedito Bentes com entrega de chaves a moradores. Alagoas - Brasil.
Foto:@Ailton Cruz
/Maceió, 13 de maio de 2021
Bolsonaro inaugura residencial no Benedito Bentes com entrega de chaves a moradores. Alagoas - Brasil.
Foto:@Ailton Cruz
/Maceió, 13 de maio de 2021
Bolsonaro inaugura residencial no Benedito Bentes com entrega de chaves a moradores. Alagoas - Brasil.
Foto:@Ailton Cruz
/Maceió, 13 de maio de 2021
Bolsonaro inaugura residencial no Benedito Bentes com entrega de chaves a moradores. Alagoas - Brasil.
Foto:@Ailton Cruz
/Maceió, 13 de maio de 2021
Bolsonaro inaugura residencial no Benedito Bentes com entrega de chaves a moradores. Alagoas - Brasil.
Foto:@Ailton Cruz
/Maceió, 13 de maio de 2021
Bolsonaro inaugura residencial no Benedito Bentes com entrega de chaves a moradores. Alagoas - Brasil.
Foto:@Ailton Cruz
/Maceió, 13 de maio de 2021
Bolsonaro inaugura residencial no Benedito Bentes com entrega de chaves a moradores. Alagoas - Brasil.
Foto:@Ailton Cruz
/Maceió, 13 de maio de 2021
Bolsonaro inaugura residencial no Benedito Bentes com entrega de chaves a moradores. Alagoas - Brasil.
Foto:@Ailton Cruz
/Maceió, 13 de maio de 2021
Bolsonaro inaugura residencial no Benedito Bentes com entrega de chaves a moradores. Alagoas - Brasil.
Foto:@Ailton Cruz
/Maceió, 13 de maio de 2021
Bolsonaro inaugura residencial no Benedito Bentes com entrega de chaves a moradores. Alagoas - Brasil.
Foto:@Ailton Cruz
/Maceió, 13 de maio de 2021
Bolsonaro inaugura residencial no Benedito Bentes com entrega de chaves a moradores. Alagoas - Brasil.
Foto:@Ailton Cruz
/Maceió, 13 de maio de 2021
Bolsonaro inaugura residencial no Benedito Bentes com entrega de chaves a moradores. Alagoas - Brasil.
Foto:@Ailton Cruz
/Maceió, 13 de maio de 2021
Bolsonaro inaugura residencial no Benedito Bentes com entrega de chaves a moradores. Alagoas - Brasil.
Foto:@Ailton Cruz
/Maceió, 13 de maio de 2021
Bolsonaro inaugura residencial no Benedito Bentes com entrega de chaves a moradores. Alagoas - Brasil.
Foto:@Ailton Cruz

A passagem rápida do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) agitou os bastidores políticos da capital, do Estado e mostrou que seu governo não está preso apenas ao combate a pandemia de Covid-19. Desde sua chegada no aeroporto, foi abraçado, beijado e cumprimentado por centenas de apoiadores, ladeado de lideranças políticas como o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (Progressistas), o senador Fernando Collor (Pros) e do prefeito de Maceió, João Henrique Caldas (PSB). Ainda no saguão, ele sentiu o calor e o carinho de parte do povo alagoano que o segue e o chamou de “mito” por várias vezes em seus compromissos institucionais.

Seguido pelo povo de moto, carro e até ônibus do interior, ele prestigiou lideranças locais como o vereador Leonardo Dias (PSD) e o deputado estadual Cabo Bebeto (PTC), que, assim como ele, estavam sem máscara e tiraram fotos, produziram vídeos, mas, principalmente, fizeram e falaram de política. Não foram poucos os momentos em que Bolsonaro deixou claro que sabia que sua presença no Estado tinha peso para as composições futuras.

Tanto que, já em seu primeiro discurso, ao entregar 500 casas a famílias carentes no Residencial Bernardo Oiticica I, no Benedito Bentes, ele provocou o senador Renan Calheiros (MDB) chamando-o de “picareta” e “vagabundo”. Ao mesmo tempo, enalteceu a liderança de Arthur Lira, Collor e JHC, a quem chamou de “jovem brilhante”, relembrando inclusive a convivência breve na Câmara dos Deputados. “É uma liderança com futuro no Estado”, destacou o presidente.

O recado, em vários momentos, parecia ser entendido pelos empolgados apoiadores que se aglomeravam com celulares nas mãos, também atacando seus adversários a exemplo do próprio Renan, pedindo voto impresso a Lira e sugerindo que JHC mudasse de partido e vá para uma legenda de direita. Ao mesmo tempo, Bolsonaro também procurou desmistificar qualquer situação de impopularidade na região Nordeste. Como exemplo, disse que mantém em sua equipe seis ministros nordestinos.

VIADUTO

Se o clima com as famílias no residencial já era de festa, na inauguração do Viaduto da PRF, no entroncamento da BR-104 com BR-316, ele manteve o clima de envolvimento com a população lembrando que os investimentos do governo federal foram de R$ 77 milhões e que por isso merecia estar inaugurando-o com os políticos do Estado. Lá continuou, literalmente, caminhando lado a lado com as pessoas, tirando foto e deixando agitada sua segurança, que teve trabalho, mas que não registrou nenhum incidente. Segundo Bolsonaro, seu governo tem muitas obras em andamento e só tem sido possível entregá-las por causa da competência de sua equipe. Por isso, não cansou de destacar a atuação dos ministros da Infraestrutura, Tarcísio Gomes Freitas, Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e Turismo, Gilson Machado. Misturando a fala com detalhes da administração, mas ao mesmo tempo sem medo de demonstrar que o clima é quase de pré-campanha, não foram poucas as vezes em que disse que o compromisso que tem é com o povo e é para ele que tem que continuar trabalhando “se deixarem”. Conforme sugeriu, há sim disposição de encarar mais um mandato para manter a velocidade de trabalho. “Em menos de dois anos temos feito o que muita gente falou por mais de dez”, brincou o presidente.

Mais matérias
desta edição