app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Política

EX-SECRETÁRIO DE RUI REBATE DENÚNCIA DE DESPERDÍCIO

.

Por thiago gomes | Edição do dia 26/05/2021 - Matéria atualizada em 26/05/2021 às 04h00

A denúncia feita pela equipe do prefeito JHC (PSB) de que a gestão de Rui Palmeira (PODE) desperdiçou, no ano passado, R$ 5,2 milhões do Fundo de Desenvolvimento de Recursos Humanos de Maceió em uma série de cursos e palestras online, alguns destes sem o foco na formação do funcionalismo, foi rebatida pelo ex-secretário municipal de Gestão, Reinaldo Braga. Em nota, ele assegurou que todos os cursos de capacitação para servidores municipais, realizados durante a administração, ocorreram dentro de trâmites legais, foco e responsabilidade pública. “2020 foi um ano em que o trabalho de home office oportunizou ao município ofertar mais cursos, valorizar mais ainda o funcionalismo nessa área e levar para dentro da casa de cada um deles o debate de temas atuais para ampliar conhecimentos”, afirmou Braga. Ele completou que, no ano passado, foram 4.305 servidores capacitados. O ex-gestor confirma que os recursos do Fundo de Desenvolvimento de Recursos Humanos de Maceió só podem ser utilizados, exclusivamente, para capacitação do funcionalismo. E esclarece que nenhuma documentação foi retirada da referida secretaria, sob nenhuma hipótese, e que sempre esteve e continua à disposição para quaisquer esclarecimentos da atual gestão ou de qualquer instância de controle e fiscalização. Material repassado pela atual gestão mostra que uma auditoria nas contas do Fundo constatou desperdício do dinheiro público na Escola de Formação e Desenvolvimento de Pessoal, conhecida como Escola de Governo, em plena pandemia. O texto informa que administração anterior registrou a despesa de R$ 4,4 milhões em capacitações ao longo do ano passado.

Mais matérias
desta edição