app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5691
Política De acordo com Davi Maia, somente em 2021 foram nomeadas sete pessoas para trabalhar no órgão

DEPUTADO DENUNCIA IRREGULARIDADES NA VICE-GOVERNADORIA

Nomeações para o órgão seguem em ritmo frenético mesmo com o cargo de vice-governador vago desde o início deste ano

Por Jonathas Maresia | Edição do dia 16/06/2021 - Matéria atualizada em 16/06/2021 às 04h00

Desde janeiro de 2021, Alagoas não tem mais vice-governador após Luciano Barbosa (MDB) tomar posse como prefeito de Arapiraca. Nesta terça-feira (15), o deputado Davi Maia (DEM) denunciou que nomeações seguem sendo realizadas no órgão, mesmo sem Alagoas ter alguém para ocupar o cargo vago há seis meses. O prédio da vice-governadoria, inclusive, já está para ser alugado desde janeiro, segundo Maia. De acordo com o deputado, somente em 2021, foram nomeadas sete pessoas para trabalhar no gabinete. As nomeações foram publicadas no Diário Oficial e são assinadas pelo governador Renan Filho. No Portal da Transparência consta que no mês de fevereiro o local contava com oito servidores nomeados. “Fui até o local que até o ano passado funcionava o gabinete do vice-governador, Luciano Barbosa. E desde janeiro o local está fechado com placa de vende-se ou aluga-se. Iremos a fundo e queremos saber quem são essas pessoas, qual a ligação delas com o governador. E iremos entrar com um pedido de acesso à informação e denunciar na Controladoria Geral do Estado”, afirmou Davi. O parlamentar lamentou ainda que, apesar do cenário atual de desemprego em alta e fechamento de estabelecimentos comerciais, a prioridade do governo de Alagoas seja essa. “As pessoas estão perdendo seus empregos, empresários fechando seus negócios. Todo mundo passando por uma crise financeira absurda e o governador utiliza o espaço de uma casa completamente abandonada”, expôs o deputado. Em aparte à fala de Maia, o deputado Cabo Bebeto (PTC) classificou a Vice-governadoria como “gabinete da mutreta”, já que, mesmo sem vice-governador e prédio para funcionamento, há pessoas sendo nomeadas. “Se fala tanto em gabinete do ódio, mas pelo menos esse não tem gasto de dinheiro do povo. Já esse da Vice-governadoria, tem”, ironizou ele.

*Com informações da assessoria de imprensa

Mais matérias
desta edição