app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Política

Comando do Corpo de Bombeiros abre procedimento administrativo contra sargento por vídeo enaltecendo a vacina

.

Por Nealdo | Edição do dia 23/06/2021 - Matéria atualizada em 23/06/2021 às 04h00

O comando do Corpo Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) abriu nesta segunda-feira (21), processo administrativo disciplinar contra a sargento Stephany da Silva Domingos, devido a um vídeo em que ela aparece enaltecendo a vacina contra a Covid-19. Nas imagens, gravadas no dia 19 maio, a bombeiro militar aparece usando uma camiseta em que está escrito “em terra de negacionismo, tomar vacina e enaltecer o SUS é um ato de revolução”. Ao fim do vídeo, a sargento ergue a mão direita e grita “viva a vacina”, enquanto segura, na outra mão, um quadro em que está escrito #vivaoSUS, #vacinasim e #elenunca, numa alusão ao presidente a Jair Bolsonaro (sem partido). De acordo com o texto do processo administrativo - assinado pelo comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel André Alessandro Madeiro de Oliveira -, a sargento teria gravado dentro de estabelecimento militar, o que seria considerada uma transgressão grave para a polícia. Segundo o Estatuto do Corpo de Bombeiros, é considerada uma transgressão grave “discutir ou provocar discussões, por qualquer veículo de comunicação, sobre assuntos políticos, militares, ou policiais-militares, excetuando-se os de natureza exclusivamente técnica, quando devidamente autorizados”. O vídeo da sargento Stephany foi publicado em sua rede social, seguido de um texto em que a bombeiro militar narra a emoção de ter tomado a vacina contra o novo coronavírus. “Sabe aquele misto de euforia e esperança! É disso que eu tô falando! Deu frio na barriga? Deu! Deu tremedeira? Deu! Bateu vontade de ir ao banheiro de nervoso? Bateu! A lágrima veio nos olhos? Veio!”, escreveu.À Gazetaweb, ela disse estar muito triste com o que está acontecendo. "Sinceramente não consigo compreender qual o problema que existe em um vídeo onde eu apenas enalteço a vacina, que é o único meio de combater essa pandemia e sair dessa situação tão caótica que a gente vive há quase dois anos", disse.

"Não fiz manifestação político-partidária, não falei nome de político algum, só enalteci a vacina, e a importância da vacinação para todos os brasileiros", acrescentou.

Em caso de ser responsabilizada pelo ato, Stephany pode ser presa, ter sua pontuação de bom comportamento reduzida, o que pode acarretar em não promoções futuras. "Meu comportamento é ótimo", destacou. "Na corporação, minha ficha é limpa", completou.

A reportagem tentou contato com o comando com Corpo de Bombeiros, mas até o momento, não houve retorno da corporação.

Mais matérias
desta edição