app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Política

COMISSÃO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS FAZ VISITA TÉCNICA EM AL

.

Por Jamylle Bezerra | Edição do dia 29/06/2021 - Matéria atualizada em 29/06/2021 às 04h00

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC) da Câmara dos Deputados esteve no município de Maribondo, nessa segunda-feira (28), para fazer uma visita técnica na região e avaliar os impactos do fechamento da agência do Banco do Brasil na cidade. O presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), Hugo Wanderley, prefeitos da região e deputados federais acompanharam os trabalhos. De lá, o grupo seguiu para a cidade de Dois Riachos, onde aconteceu uma audiência pública para ouvir empresários, produtores rurais, aposentados, funcionários do banco e a sociedade em geral sobre o fechamento do banco. “Estamos aqui em virtude da provocação da AMA, que pediu ao deputado Isnaldo Bulhões que fizéssemos uma intervenção, no sentido de tomar atitude para impedir o fechamento de novas agências e reabrir os postos e agências que já foram fechados. Muitas pessoas são prejudicadas, ainda mais nos locais que foram fechados de forma abrupta, sem diálogo. Essas pessoas precisam ser respeitadas”, afirmou o deputado federal Hildo Rocha. Ele é autor do requerimento 88/2021, no qual argumenta que o fechamento terá consequências sociais de diversas ordens, pois faltam meios para que as pessoas se desloquem para cidades ou bairros distantes para realizar serviços bancários. O presidente da AMA ressaltou que a população é a principal prejudicada. “O Banco do Brasil fechou as agências sem sequer ter uma discussão entre os representantes dos municípios ou com a população. Nós queremos entender o que está acontecendo. Momento de pandemia não é o ideal para fazer o fechamento, vai estimular a aglomeração e dificultar a economia desses municípios”, destacou Wanderley. O presidente do Sindicato dos Bancários, Marcio dos Anjos, ressalta que o fechamento prejudica não só os funcionários do banco, mas afeta diretamente o desenvolvimento municipal.

Mais matérias
desta edição