app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Política

ALE MANTÉM PARA ESTE DOMINGO ELEIÇÃO PARA GOVERNADOR-TAMPÃO

Julgamento de recurso no Supremo foi suspenso na sexta-feira após pedido de vistas, mas não impede realização do pleito

Por Marcos Rodrigues | Edição do dia 14/05/2022 - Matéria atualizada em 13/05/2022 às 23h38

Em meio ao impasse jurídico, a Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) informou, na tarde dessa sexta-feira (13), que está mantida para domingo (15), às 13h, a eleição indireta para escolha de governador-tampão e vice de Alagoas. A decisão da Casa se deu após o Supremo Tribunal Federal (STF) informar que o pedido de vista feito pelo ministro Nunes Marques, não impede a realização do pleito, já que a liminar concedida pelo relator do caso, o ministro Gilmar Mendes, segue em vigor.

A sexta-feira 13 foi de apreensão para os candidatos que disputam a eleição indireta. O julgamento do mérito da decisão no Supremo Tribunal Federal (STF), proferida pelo relator, ministro Gilmar Mendes, no plenário virtual assombrou quem acompanhava a divulgação dos votos. Somados à posição do relator, os votos dos ministros Alexandre Moraes, Ricardo Lewandowski, Edson Fachin e Dias Toffoli foram maioria para a realização do pleito, mas a votação não chegou ao final porque o ministro Nunes Marques pediu vistas. Na prática, isso interrompeu a votação, mas garantiria a escolha na Assembleia Legislativa, porque, em tese, mantém a decisão do relator, que pedia apenas a correção do edital anterior, editado sob encomenda no início do ano. Mais um susto, porque, na interpretação dos advogados do PP, autores da ação que pedia o adiamento da eleição por irregularidades no antigo edital, sem o resultado final do julgamento o pleito continuaria suspenso. Tanto que voltaram a fazer essa provocação a Mendes, por escrito, para evitar que a eleição ocorresse com possibilidade de ser contestada, imediatamente, na segunda-feira. Por isso, até o momento o partido aguarda resposta ao pleito, que pode inclusive ocorrer a qualquer momento, informaram os interessados na ação. De toda a forma, mantido o pleito, pelo menos um dos candidatos governistas, apoiados pelo grupo do ex-governador, o ex-secretário estadual de Educação, Rafael Brito, ficou pelo caminho. É que dúvidas sobre sua filiação e até mesmo o prazo de desincompatibilização foram mortais para o seu futuro político. Mais uma derrota para os emedebistas que tinham todo o esquema montado, até a saída do ex-chefe do Executivo no dia 2 de abril. Sendo assim, apelaram para o fiel escudeiro da legenda, o médico cardiologista José Wanderley. Até a semana passada, quando o edital em vigor nem sequer previa que os candidatos tivessem filiação partidária, seu coração batia para manter sua pré-candidatura a deputado estadual. Agora, será vice na chapa liderada pelo deputado Paulo Dantas (MDB). Além do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Vítor, o mentor do governo-tampão e ex-governador temia que os questionamentos judiciais impedissem Dantas de se sentar na cadeira de governador e garantir a entrega de obras e inaugurações pendentes no interior. Isso porque, se a eleição fosse prorrogada por mais três semanas, sua estada na cadeira, considerando que seja eleito pelo governo ter maioria, seria apenas como mero ordenador de despesas, já que não poderia comparecer a nenhum ato externo de entrega de obras.

Candidatos

Até o último dia último para inscrições de chapas, os candidatos ao governo-tampão eram:

Chapa 1 – Governador: Luciano Valdomiro Silva Fontes. Vice-governador: Rogers Tenório dos Santos.

- Chapa 2 – Governador: Luiz Alberto Alves Teixeira. Vice-governador: Leonardo da Fonseca Dias.

- Chapa 3 – Governador: Flávio Henrique Catão Nogueira. Vice-governador: Rocielle Almeida Pacheco.

- Chapa 4 – Governador: Francisco Aureliano Rocha de Vasconcelos Teixeira. Vice-governador: Jeová Evaristo da Silva.

- Chapa 5 – Governador: Wadeildo José Gomes Vasconcelos Bezerra. Vice-governador: Niedja Santos de Oliveira.

- Chapa 6 – Governador: David Maia de Vasconcelos Lima. Vice-governador: José Siderlane Araújo de Mendonça.

- Chapa 7 – Governador: Danubia Karlla da Silva Barbosa. Vice-governador: Arlan Montilares de Oliveira Silva.

- Chapa 8 – Governador: Paulo Suruagy do Amaral Dantas. Vice-governador: José Wanderley Neto.

Mais matérias
desta edição