app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5718
Política

C�mara aprova cr�dito adicional de R$ 3,5 milh�es para prefeitura

A Câmara Municipal de Maceió aprovou, ontem, o pedido de abertura de crédito adicional no valor de R$ 3.593.000,00, proposto pelo Poder Executivo, através do projeto de lei nº 09/02. A matéria foi aprovada por unanimidade pelos 17 vereadores presentes.

Por | Edição do dia 17/04/2002 - Matéria atualizada em 17/04/2002 às 00h00

A Câmara Municipal de Maceió aprovou, ontem, o pedido de abertura de crédito adicional no valor de R$ 3.593.000,00, proposto pelo Poder Executivo, através do projeto de lei nº 09/02. A matéria foi aprovada por unanimidade pelos 17 vereadores presentes. Os vereadores Judson Cabral e Thomaz Beltrão, ambos do PT, apesar de terem votado a favor, registraram suas ressalvas em plenário. O dinheiro do crédito aprovado será destinado a cinco diferentes órgãos da prefeitura. O gabinete da prefeita irá receber R$ 600 mil, que contemplarão o Fundo da Unidade Executora do Município (UEM), para a organização de eventos programados dentro do “Maceió Capital Americana da Cultura”. Para a Secretaria Municipal de Administração, Recursos Humanos e Patrimônio (Semarhp), serão destinados R$ 68 mil, que deverão ser utilizados para dotar de infra-estrutura o serviço da Junta Militar. Para a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), serão destinados recursos na ordem de R$ 2,5 milhões. Com esse dinheiro, a SMTT deve concluir e finalizar as (inacabadas) obras de melhoria em diversos corredores de transporte de bairros da cidade, sobretudo da periferia. Um desses corredores será o do Conjunto Santos Dummont, no Tabuleiro do Martins, onde, na semana passada, os moradores realizaram um protesto por causa da demora na construção do corredor de transporte. A Superintendência Municipal de Urbanização (Somurb), vai receber R$ 371 mil para a recuperação de galerias e o término de obras de pavimentação e saneamento. O vereador Judson Cabral usou a tribuna para dizer que estava votando favoravelmente ao projeto porque o dinheiro vai beneficiar a população carente de muitos bairros, sobretudo no que diz respeito à construção de corredores de transporte e a recuperação de galerias e obras de saneamento básico. “Espero que esse pedido de abertura de crédito não seja o início da maratona de pedido de suplementação de crédito. Ano passado, a Câmara aprovou mais de R$ 160 milhões de crédito suplementar ao orçamento. É preciso que a prefeitura tenha planos de governo e de desenvolvimento de transporte urbano”, declarou Cabral. O vereador Thomaz Beltrão também usou a tribuna para registrar sua ressalva quanto ao voto favorável à matéria. “É nossa obrigação votar favorável a projetos que favoreçam à população. Mas não posso deixar de registrar que a prefeitura precisa sair desse quadro de inércia, pois do jeito que está não vamos conseguir minimizar os problemas”, concluiu.

Mais matérias
desta edição