app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Política

Deputado enfrenta resist�ncia para se afastar

O deputado Judá Nicácio (PDT) vem enfrentando forte resistência para se afastar do mandato na Assembléia Legislativa. Seu pedido de licença, que fará retornar àquela Casa o suplente Demuriez Leão (PSB), foi protocolado há mais de uma semana, mas sequer ch

Por | Edição do dia 18/04/2002 - Matéria atualizada em 18/04/2002 às 00h00

O deputado Judá Nicácio (PDT) vem enfrentando forte resistência para se afastar do mandato na Assembléia Legislativa. Seu pedido de licença, que fará retornar àquela Casa o suplente Demuriez Leão (PSB), foi protocolado há mais de uma semana, mas sequer chegou a ser lido no plenário. Na terça-feira, o parlamentar usou o regimento interno para pedir que a licença entrasse em votação, mas teve a solicitação indeferida pelo presidente, deputado Antônio Albuquerque (PTB). Judá Nicácio quer 121 dias de licença para tratar de assuntos particulares. Esse tipo de afastamento, sem remuneração, está previsto no regimento da ALE. A intenção do parlamentar é usar os 121 dias para fazer visitas aos municípios do Estado, onde trabalhará sua candidatura de deputado federal. “Pretendo obter votos em todas as cidades”, afirmou. Na esperança de que a licença seria votada esta semana, o ex-líder do governo, Demuriez Leão, já esteve na Assembléia duas vezes. Afastamento Alguns deputados não concordam com a licença de Judá, por achar que todos têm direito de fazer campanha. Já outros estão solidários ao parlamentar e prometem votar a favor do afastamento. A ex-presidente da ALE, deputada Ziane Costa (PTB), está colhendo assinaturas junto aos colegas para que o requerimento entre na pauta automaticamente. Até ontem, 17 parlamentares subscreveram o documento. É provável que a votação aconteça hoje, quando Albuquerque estará viajando. A Assembléia tem nos seus quadros, atualmente, apenas um suplente exercendo mandato. Trata-se de João Neto (PTB), que substitui o deputado João Beltrão (PSL). Beltrão entrou de licença médica por 120 dias alegando uma crise de diabetes. Ele e Judá só estarão de volta no segundo semestre, quando começa, de fato, o período de campanha e de propaganda política. A volta de Demuriez Leão à Assembléia, prevista para a próxima semana, vai ocorrer quinze dias depois de ele ter deixado aquela Casa. O suplente teve de entregar a cadeira ao deputado Petrúcio Bandeira (PSB), que deixou o comando da Secretaria de Agricultura. Bandeira, que é o novo líder do governo, nega que a saída de Judá e o retorno de Demuriez sejam uma articulação do Palácio. “Isso é um acordo entre eles. O governo não tem nenhuma participação”, garantiu.

Mais matérias
desta edição