app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Política

DANTAS PROMETE TRABALHAR COM A ‘MESMA GARRA E TRANSPARÊNCIA’

Em coletiva após a confirmação da vitória, Dantas agradeceu aos alagoanos pela votação recebida

Por Jamylle Bezerra | Edição do dia 01/11/2022 - Matéria atualizada em 31/10/2022 às 23h34

O governador Paulo Dantas, eleito neste domingo (30) para exercer o cargo pelos próximos quatro anos, falou à imprensa, durante coletiva, poucas horas após ter a vitória confirmada.

Na ocasião, ele prometeu continuar o trabalho que já vem sendo feito desde Renan Filho, falou que pode haver mudanças no secretariado e destacou que um dos seus primeiros atos de governo será nomear os candidatos aprovados em concursos que ainda não foram convocados pelo estado.

Paulo agradeceu pelos votos dos alagoanos que o conduziram à vitória e ressaltou que vai continuar trabalhando com a “mesma garra, a mesma responsabilidade e a mesma transparência”, para que o governo tenha condições de proporcionar melhor qualidade de vida para os alagoanos”.

“Eu quero falar para todos os alagoanos e alagoanas o meu muito obrigado. Essa vitória significa dizer que vamos levar adiante muito do que foi iniciado por Renan Filho, hoje senador da república. Esse governo que deu certo, que é referência para o Nordeste e para o Brasil. Estou muito feliz, apesar de tantos ataques, tantas mentiras, tanta injustiça. O povo de Alagoas reconheceu que esse era o melhor caminho”, falou Paulo Dantas, destacando também a vitória de Lula como presidente da República.

Sobre o secretariado, o governador afirmou que, até o final do ano, quando encerra o primeiro mandato dele à frente de Alagoas, o secretariado será mantido, mas a partir do próximo ano, deve ocorrer mudanças. “Até o final do ano, o secretariado continua, mas eu tenho um grupo político e nós vamos discutir com ele toda a governança para os próximos quatro anos, e pode ser que haja mudanças”, disse.

Paulo Dantas falou ainda que um dos seus primeiros atos de governo em 2023 será a convocação de aprovados em concursos públicos que ainda não foram nomeados, como os da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. “Tenham certeza de que, no começo do governo, vou convocar”.

O governador reeleito também falou sobre a operação da Polícia Federal, deflagrada contra ele durante a campanha eleitoral. Paulo disse que tudo foi uma grande armação política.

“Fizeram isso para tentar ganhar a eleição, mas o Supremo Tribunal Federal já deixou claro, por unanimidade. Esses golpes baixos de Arthur Lira e Rodrigo Cunha caíram por terra. Isso é uma grande armação política. Tu do o que eu tenho está declarado, é fruto do meu trabalho. Estou tranquilo e sou favorável a qualquer investigação. O que não pode é ter uma investigação para tentar enganar e atrapalhar o alagoano”, afirmou.

Por fim, ele ressaltou que os planos são manter o estado organizado, com uma equipe qualificada. “Quero manter o estado com capacidade de investimento. Vamos priorizar um estado que tenha condições de gerar emprego. Não vamos admitir a turma que torce contra. Não vamos andar para trás. Vão ser quatro anos de desenvolvimento, com o estado avançando”, pontuou.

Mais matérias
desta edição