app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5718
Política Reunião entre representantes do Tribunal de Justiça e da Secretaria de Segurança Pública define entrega de aparato

CONVÊNIO ENTRE TJ E MJ POSSIBILITA ENTREGA DE EQUIPAMENTOS À SERIS

Aparatos de informática que serão utilizados no Centro de Telepresença da Secretaria de Ressocialização

Por Da Redação | Edição do dia 27/01/2023 - Matéria atualizada em 27/01/2023 às 04h00

Convênio firmando entre o Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL) e o Ministério da Justiça (MJ) vai possibilitar à Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) receber equipamentos de informática que serão utilizados no Centro de Telepresença do órgão. A confirmação da entrega dos equipamentos —adquiridos por meio de convênio com o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) do Ministério da Justiça— aconteceu nesta quinta-feira (26), durante reunião entre o presidente do TJ-AL, desembargador Fernando Tourinho, e os secretários Diogo Teixeira (Seris) e Flávio Saraiva, da Segurança Pública (SSP). “Estamos buscando recursos no Funpen (Fundo Penitenciário Nacional) para ampliar ainda mais nosso trabalho na telepresença. Nosso atendimento já é uma referência. É um trabalho pioneiro no país e só temos a agradecer a parceria que vai aprimorar esse trabalho já feito”, destaca o secretário Diogo Teixeira, ao celebrar a entrega de onze equipamentos de alta tecnologia para a Seris. Na primeira quinzena de janeiro deste ano, após assinatura de termo de cessão, o Tribunal de Justiça de Alagoas disponibilizou os kits de equipamentos de videoconferência para a Seris e a SSP, além de licenças para uso de softwares. “A Seris é sempre acompanhada por nós e nós testemunhamos que melhorou muito e que não teremos problemas. Nós percebemos e acompanhamos”, destaca o presidente do TJ, desembargador Fernando Tourinho. Os novos computadores e equipamentos de videoconferência irão para as Varas Criminais, os presídios e instalação em algumas delegacias, servindo, assim, para audiências de instrução e de custódia, que passam a facilitar a execução de tarefas dos servidores que atuam na Seris e visam oferecer mais celeridade e mais segurança para os alagoanos, contribuindo para a ressocialização de apenados. “O objetivo é fazer as coisas acontecerem. Uma reunião em que cada um dos expoentes das pastas entraram em sinergia com o Poder Judiciário para atingirmos o resultado final. Nós tivemos através de um projeto elaborado no Judiciário a destinação por parte do Ministério da Justiça de uma série de equipamentos para a realização de audiências de custódia e de instrução. Na Seris, nós já vemos um cenário bem propício, e se anda bem, o trabalho já é feito naturalmente e a contento, só precisaremos trocar as máquinas”, relata Lorena Souto Maior, juíza auxiliar da presidência. José Baptista, diretor de Tecnologia do TJ-AL, parabenizou todos os envolvidos pela ação que informatiza presídios e delegacias do Estado com equipamentos de tecnologia avançada. Legenda: Novos computadores e equipamentos de videoconferência irão para as Varas Criminais, os presídios e instalação em algumas delegacias.

Mais matérias
desta edição