app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Política

ALE ABRIRÁ TRABALHOS COM ACLAMAÇÃO DE MARCELO VICTOR

Deputado será oficializado presidente da Assembleia Legislativa mais uma vez graças a um conjunto de fatores que se combinam

Por THIAGO GOMES e JONATHAS MARESIA | Edição do dia 28/01/2023 - Matéria atualizada em 28/01/2023 às 04h00

Os 27 deputados estaduais eleitos e reeleitos no ano passado tomam posse na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) na próxima quarta-feira (1º) à tarde e, logo em seguida, escolhem o novo presidente e os demais integrantes da Mesa Diretora da Casa, que ficarão nos cargos no biênio. O deputado estadual Marcelo Victor deve ser reconduzido (aclamado) à Presidência, com apoio incondicional da maioria (ou de todos). O Parlamento terá 11 novatos: Alexandre Ayres (MDB), Fernando Pereira (PP), Carla Dantas (MDB), Dr. Wanderley (MDB), Remi Calheiros (MDB), Delegado Leonam (União Brasil), Rose Davino (PP), Lelo Maia (União Brasil), André Silva (Republicanos), Gabi Gonçalves (PP) e Mesaque Padilha (União Brasil). Renovaram o mandato os deputados – por ordem de votação – Cabo Bebeto (PL), Marcelo Victor (MDB), Flávia Cavalcante (MDB), Cibele Moura (MDB), Ricardo Nezinho (MDB), Antonio Albuquerque (Republicanos), Fátima Canuto (MDB), Bruno Toledo (MDB), Ronaldo Medeiros (PT), Dudu Ronalsa (MDB), Inácio Loiola (MDB), Francisco Tenório (PP), Breno Albuquerque (MDB), Gilvan Barros Filho (MDB), Marcos Barbosa (Avante) e Silvio Camelo (PV).

Favoritíssimo e sem qualquer adversário no retrovisor, o deputado Marcelo Victor deve ser confirmado presidente pela terceira vez consecutiva. À Gazeta de Alagoas, de forma exclusiva, Victor falou dos desafios que o aguardam na próxima legislatura. Questionado sobre a expectativa que mantém para os trabalhos deste ano, o deputado disse que vai encarar mais este período com altivez e sempre buscando as oportunidades para contribuir com o desenvolvimento do Estado, em parceria com o Executivo, mas sem perder de vista a autonomia do Poder Legislativo Estadual. “Todo início de Legislatura apresenta desafios e oportunidades. Parlamentares veteranos com sua experiência e os que estão estreando no Parlamento dispostos a iniciar de forma marcante sua vida parlamentar. O importante é focar nas necessidades mais urgentes de Alagoas, tenho certeza que 2023 será um ano de desafios nas mais diversas esferas da sociedade”, frisou Marcelo Victor. Ele acrescenta que uma nova administração tomou posse nos Poderes Executivos, na União e no Estado. E reforçou o compromisso de, em Alagoas, estabelecer ações de proximidade com o governo de Paulo Dantas, sempre mantendo a independência dos Poderes. Marcelo Victor será oficializado presidente mais uma vez graças a um conjunto de fatores que se combinaram e acabaram lhe favorecendo. Até o posicionamento do Supremo Tribunal Federal (STF), dado no fim do ano passado, não foi capaz de ameaçá-lo. Um ou outro cargo na diretoria vai ser trocado, a depender das conversas e dos interesses. A semana foi de muitas reuniões entre os veteranos e os neodeputados, sempre sob o comando de Victor. Há contexto de reforçar a tese de que a eleição da mesa será por WO. A primeira sessão preparatória da posse dos 27 parlamentares que irão compor a 20ª Legislatura está prevista para as 14 horas, no plenário da Casa, e será presidida por Marcelo Victor. Logo após a posse dos parlamentares haverá a segunda sessão preparatória na qual será eleito o novo presidente do Legislativo alagoano, em votação isolada. De acordo com o Regimento Interno da Casa, o presidente eleito é imediatamente empossado e assume os trabalhos para dar sequência ao processo de eleição dos demais integrantes da Mesa Diretora, que será feita de uma só vez em chapa conjunta. A votação é secreta e os deputados devem votar sim ou não para as possíveis chapas apresentadas. Ainda segundo o Regimento Interno, para eleger o novo chefe do Legislativo, assim como os demais integrantes da Mesa Diretora, é exigida a maioria absoluta de 14 votos. Os parlamentares eleitos para Mesa Diretora irão representar o Poder Legislativo no próximo biênio (2023/2024). Eleita e empossada a Mesa Diretora, bem como os suplentes, o presidente convocará os parlamentares a comparecer a Casa, no próximo dia 15 de fevereiro, para a instalação da primeira sessão legislativa da 20ª Legislatura. A Mesa Diretora da Casa é composta pelo presidente, 1° vice-presidente, 2° vice-presidente, 3° vice-presidente, 1° secretário, 2° secretário, 3° secretário, 4° secretário, 1° suplente e 2° suplente.

Mais matérias
desta edição