app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5594
Política

ESTADO REATIVA COMPANHIA FAZENDÁRIA PARA COMBATE À SONEGAÇÃO FISCAL

Medida vai reforçar policiamento nas atividades dos postos fiscais do Estado

Por Mariane Rodrigues | Edição do dia 04/02/2023 - Matéria atualizada em 04/02/2023 às 04h00

Foi lançada na sexta-feira (3) a Companhia Fazendária, instalada no Bloco Administrativo Silvio Vianna, no bairro da Jacarecica, em Maceió e nos postos de Delmiro Gouveia, Maragogi, Novo Lino, Porto Real do Colégio e São José da Laje. A medida visa reforçar o policiamento nas atividades de fiscalização nos postos fiscais do Estado.

A Companhia de Polícia Militar Fazendária (CPMFaz) foi criada pelo Decreto Lei n° 6.230/2001. O intuito é garantir a integridade física e moral dos integrantes do Fisco alagoano no exercício de suas atividades, possibilitando o Poder de Polícia do Estado de Alagoas na atividade de fiscalização e arrecadação de tributos, e a incolumidade do patrimônio pertencente à Secretaria da Fazenda. O superintendente Especial da Receita Estadual, Francisco Suruagy, explica que o trabalho da Secretaria da Fazenda (Sefaz-AL) demanda enfrentamento de riscos e que, com o auxílio da Secretaria de Segurança Pública (SSP), os auditores fiscais terão maior resguardo para executar ações de fiscalização. “A Companhia Fazendária vem justamente para diminuir esses riscos da nossa profissão, além de facilitar e impulsionar ainda mais as atividades fazendárias em setores, regiões ou locais que a Sefaz era impossibilitada de trabalhar pelo alto grau de perigo”, ressalta. O comandante-geral da Polícia Militar (PM-AL), coronel Paulo Amorim, enfatizou que a Companhia Fazendária irá contribuir imensamente com a segurança dos auditores fiscais, do Fisco alagoano como um todo, ajudando nas operações contra a sonegação fiscal no estado de Alagoas.ão.

Mais matérias
desta edição