app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Política

PMDB negocia filia��o do ministro Ciro Gomes

Brasília - O PMDB pretende resolver dois problemas  com uma única ação: a filiação  do ministro da Integração Nacional Ciro Gomes em seus  quadros. Segundo fontes do  partido, o primeiro problema seria atender a um pedido do presidente Luiz Inácio Lula da

Por | Edição do dia 22/01/2005 - Matéria atualizada em 22/01/2005 às 00h00

Brasília - O PMDB pretende resolver dois problemas  com uma única ação: a filiação  do ministro da Integração Nacional Ciro Gomes em seus  quadros. Segundo fontes do  partido, o primeiro problema seria atender a um pedido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O segundo, uma forma de enfraquecer a influência do ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho. A entrada de Ciro Gomes no PMDB pode jogar uma sombra sobre Garotinho e seu espaço dentro do PMDB. Atualmente, o ex-governador é o único presidenciável do partido que já tem seu nome cogitado para a disputa em 2006. Assim, Ciro Gomes viria para disputar este espaço dentro do PMDB e fortalecer a ala governista do partido, já que Garotinho engrossa as fileiras dos peemedebistas que querem o rompimento do partido com o governo. A manobra para enfraquecer Garotinho ganha força dentro da ala governista do PMDB. Na última semana, em mais um ato de rebeldia, o presidente nacional do partido, deputado federal Michel Temer (SP), e o ex-governador de São Paulo, Orestes Quércia, se encontraram com Garotinho no Rio para articular um movimento contra a candidatura de Luiz Eduardo Greenhalgh (PT-SP) à presidência da Câmara. Uma força política como Ciro Gomes, com um ministério com a capilaridade da Integração Nacional, com recursos para atender aos mais de mil prefeitos do PMDB seria uma forma de fazer frente a Garotinho nestes momentos. O líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL) já fez o convite para Ciro Gomes se filiar ao seu partido há cerca de um mês, mas recebeu uma resposta negativa. Ontem, em reunião com Calheiros e o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), o presidente Lula cobrou a filiação de Ciro Gomes ao partido. Calheiros afirmou nesta ontem que vai procurar novamente o ministro da Integração. Na avaliação de Sarney, a possível filiação do ministro seria boa para o PMDB. “Ciro Gomes surgiu na conversa pelo lado positivo de elogiarmos os homens públicos que têm futuro e estão na política desempenhando um grande papel. O presidente elogiou bastante o Ciro Gomes, coisa que nós também fizemos. Com as virtudes que ele tem, qualquer partido se sentiria muito honrado com sua presença”, afirmou.

Mais matérias
desta edição