app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5749
Política

Pa�s quer aumentar neg�cios com Espanha

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou ontem, ao receber o primeiro-ministro da Espanha, José Luis Rodríguez Zapatero, que o atual momento vivido pela economia brasileira deverá servir para cimentar as parcerias entre os setores produtivos de ambo

Por | Edição do dia 25/01/2005 - Matéria atualizada em 25/01/2005 às 00h00

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou ontem, ao receber o primeiro-ministro da Espanha, José Luis Rodríguez Zapatero, que o atual momento vivido pela economia brasileira deverá servir para cimentar as parcerias entre os setores produtivos de ambos os países. Lula disse que 2005 será o ano internacional do microcrédito e lançou um desafio aos empresários e grupos financeiros da Espanha, país que atualmente é o segundo maior investidor estrangeiro no Brasil (US$ 26 bilhões, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, atrás apenas dos Estados Unidos). “Convido os homens de negócios de ambos os países a apostarem no nosso futuro investindo em projetos de infra-estrutura física que integrarão as vastas potencialidades do continente sul-americano”, disse o presidente Lula. Para Lula, a Espanha representada pelo primeiro-ministro José Luis Zapatero é exemplo e inspiração para o Brasil, por ser um país orgulhoso de seu passado e seguro de sua capacidade de responder aos desafios do futuro. “O Brasil vive uma chance histórica de deixar de ser eternamente um país de futuro. Para isso, nós, brasileiros, não podemos permitir que as profundas injustiças do nosso passado e as persistentes desigualdades do presente determinem nosso modelo de desenvolvimento. Essa é a lição da Espanha de José Luis Zapatero”, afirmou.

Mais matérias
desta edição