app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5754
Política

Diretor da Unidade de Emerg�ncia se demite

REGINA CARVALHO O diretor da Unidade de Emergência (UE) Armando Lages, Marcos Sampaio, pediu demissão do cargo à secretária-executiva de Saúde, Kátia Born. O pedido havia sido feito na semana passada e foi oficializado ontem, durante reunião com Kátia Bo

Por | Edição do dia 28/01/2005 - Matéria atualizada em 28/01/2005 às 00h00

REGINA CARVALHO O diretor da Unidade de Emergência (UE) Armando Lages, Marcos Sampaio, pediu demissão do cargo à secretária-executiva de Saúde, Kátia Born. O pedido havia sido feito na semana passada e foi oficializado ontem, durante reunião com Kátia Born. Indicado pelo deputado federal Jurandir Bóia (PSB) para assumir a diretoria do pronto-socorro de Maceió, Sampaio disse que chegou a colocar o cargo à disposição ainda durante a gestão do ex-secretário Álvaro Machado, mas foi convencido a continuar à frente da unidade hospitalar, que enfrenta superlotação constantemente. “Aceitei, na época, continuar porque o Álvaro me pediu. Mas chegou o momento de me afastar e retomar a vida profissional”, disse. Marcos Sampaio ocupou a direção da Unidade de Emergência durante cinco anos. Ele será substituído por Tadeu Muritiba, ex-diretor médico da Unidade de Emergência. A secretária de Saúde Kátia Born negou motivações políticas na troca de diretor. “Ele já tinha decidido deixar o cargo”, disse Kátia, negando que a saída de Álvaro Machado tenha contribuído para o pedido de demissão de Marcos Sampaio. “Ele já estava pensando em deixar a Unidade, antes mesmo de o Álvaro deixar a administração estadual”, acrescentou. Sem apadrinhamento Sampaio garantiu não ter “apadrinhamento político” dentro do governo e garantiu que sua decisão nada tem a ver com a questão política. “É uma questão pessoal”, afirmou o médico, alegando querer se dedicar à cardiologia, sua especialização. Kátia Born acrescentou que o novo diretor também foi indicado pelo deputado federal Jurandir Bóia. “O bom é que Tadeu já faz parte do quadro de funcionários da unidade e conhece a realidade”, disse a secretária. O ex-secretário de Saúde Álvaro Machado lamentou a saída de Marcos Sampaio da Unidade de Emergência e acrescentou que a mudança de chefia é “um processo natural”. Machado afirmou que durante o período em que ocupou a secretaria, Sampaio foi seu “grande colaborador” e um dos “maiores aliados”, conseguindo grandes avanços dentro do pronto-socorro. “Eu disse a ele que enquanto eu fosse secretário, ele seria diretor da Unidade de Emergência”, lembrou. A posse do médico Tadeu Muritiba será hoje, às 11 horas, na Unidade de Emergência, situada no bairro do Trapiche da Barra.

Mais matérias
desta edição