app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Política

C�mara da Barra de S�o Miguel vai instalar CPI para investigar prefeitura

A Câmara Municipal de Barra de São Miguel vai instalar, na próxima semana, uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar denúncias de irregularidades na prefeitura do município. A decisão foi tomada pelos vereadores após uma carta enviada pelo C

Por | Edição do dia 27/04/2002 - Matéria atualizada em 27/04/2002 às 00h00

A Câmara Municipal de Barra de São Miguel vai instalar, na próxima semana, uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar denúncias de irregularidades na prefeitura do município. A decisão foi tomada pelos vereadores após uma carta enviada pelo Conselho Municipal de Saúde, que acusa o prefeito, dr. Robson Vieira, de inviabilizar o funcionamento do colegiado e de não prestar contas do Fundo Municipal de Saúde. Segundo a vereadora Mana Soriano (PFL), o prefeito tem praticado várias irregularidades também em outras áreas da administração. Uma das mais recentes, destacou, foi vender todos os veículos da prefeitura, para substituí-los por carros locados. No leilão dos automóveis, acrescenta, muitos foram vendidos abaixo do lance mínimo. “A Câmara pediu cópia do edital do leilão, mas ele nunca nos enviou”, disse ela. Os vereadores de Barra de São Miguel têm solicitado outros documentos à Prefeitura, como a prestação de contas da arrecadação do carnaval, mas também não obtém resposta. O dr. Robson Vieira, segundo Mana Soriano, enviou apenas a prestação de contas do carnaval de 2001, onde foram detectadas várias irregularidades pela Câmara. Uma delas foi a ausência de guia de recolhimento da arrecadação. “Várias denúncias são feitas também pela população, o que levou dois secretários, de Saúde e Educação, a pedirem exoneração”, completou. Com as últimas denúncias enviadas ao Legislativo pelo Conselho Municipal de Saúde, os vereadores resolveram não mais esperar pelas explicações do prefeito. Através de um requerimento, assinado por cinco dos nove membros daquela Casa, eles criaram automaticamente uma CPI, que será instalada na próxima semana. Os integrantes da Comissão de Inquérito serão nomeados segunda ou terça-feira pelo presidente da Câmara, Ribamar Ribas (PFL), após a indicação dos blocos partidários. Uma das principais funções do Conselho Municipal de Saúde é fiscalizar e acompanhar a aplicação dos recursos da saúde. Ele também está encarregado de analisar e aprovar as prestações de contas do setor, mas afirma que só recebeu três relatórios, referentes a três meses de 2001.

Mais matérias
desta edição