app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5749
Política

CESMAC É HOMENAGEADO COM SELO DOS CORREIOS POR SEUS 50 ANOS

Luta para a criação da instituição contou com ação política do senador Arnon de Mello

Por Marcos Rodrigues | Edição do dia 31/08/2023 - Matéria atualizada em 31/08/2023 às 04h00

A trajetória vitoriosa do Cesmac, que, nos últimos 50 anos, formou milhares de profissionais para o mercado de trabalho do País, foi registrada num selo comemorativo aprovado pelo Ministério das Comunicações e a Empresa de Correios e Telégrafos. A celebração do projeto, na tarde de ontem, foi marcada pela emoção e lembranças.

Isso porque a luta para a criação da instituição contou com ação política do senador Arnon de Mello, que desde o início, usou seu prestígio e influência política para garantir a criação da Fundação Jayme de Altavilla. Ao lado do Padre Théofanes de Barros, Arnon desembarcou em Maceió com autorização do governo federal para a criação do núcleo educacional, que foi a primeira faculdade a oferecer cursos noturnos, única opção para que os trabalhadores pudessem ter acesso ao ensino superior.

O reitor do Cesmac, João Sampaio, que era prefeito de Maceió quando o Cesmac foi criado, reconheceu que o complexo, que hoje reúne dezenas de cursos, deu uma contribuição importante para o desenvolvimento do Estado.

“Dentre as comemorações dos 50 anos do Cesmac, a criação deste selo é a que considero uma das melhores pelo serviço prestado, pela qualidade dos serviços que a empresa tem feito por todo o Brasil. Por isso agradeço aos Correios e a sua direção. É uma homenagem que nós ficamos muito sensibilizados. O Cesmac hoje tem uma marca firmada na sociedade alagoana”, disse Sampaio.

Ele também fez menção aos funcionários, que, por todos esses anos, serviram com dedicação e ajudaram a construir a estrutura que hoje gera empregos e continua formando profissionais nas mais diversas áreas.

“A instituição se solidifica por meio de seus mais de trezentos projetos de extensão nas comunidades periféricas, às margens da lago, com atendimento nas áreas de saúde, educação, ciências, humanas e exatas. Uma outra frente de trabalho é realizada com as comunidades quilombolas em Santa Luzia do Norte, com povos indígenas em Joaquim Gomes, Palmeira dos Índios e Pariconha”, destacou o coordenador-geral de Extensão do Cesmac, Rodrigo Guimarães .

RELEVÂNCIA

E foi essa tradição no ensino e a geração de oportunidades de formação para os alagoanos que o Cesmac criou ao longo dos anos que foi avaliada pela direção dos Correios no Estado.

Ex-aluno da instituição, o superintendente regional da empresa, Hidemburgo Pimentel, falou da emoção em poder eternizar o valor histórico da instituição num selo que é a maior expressão do órgão para homenagear segmentos e pessoas com relevantes serviços prestados.

“O reconhecimento dos Correios à história do Cesmac é algo muito para nós, porque ela é uma instituição que honra muito o Estado de Alagoas. Ajudou muito na formação de pessoas para o mercado de trabalho. Daí sua importância de atuação como entidade formadora e que preserva até hoje o espírito de seus fundadores, mantendo o compromisso com a edução”, afirmou. .

LEGADO

A ligação do Cesmac com a Organização Arnon de Mello foi relembrada pelo diretor executivo da OAM, Luis Amorim. Ele lembrou que, assim como o fundador do maior grupo de comunicação do Estado, senador Arnon de Mello, o Padre Théofanes era um visionário e desde o início atuou para garantir a solidez do centro formador.

“O Cesmac é uma instituição nacionalmente renomada, que oferta vários cursos e muito bem ranqueada nas avaliações do Ministério da Educação. Isso só confirma a qualidade do ensino oferecido por seus professores, sempre com boa qualidade. O senador Arnon de Mello foi um protagonista dessa história porque, desde o início, acreditou nesse propósito e ajudou com sua influência que fossa dada a autorização para a abertura da instituição”, lembrou Amorim.

Para ele, a relação que a OAM mantém com a instituição desde o início se renova a cada ano, porque, assim como o Cesmac, a OAM também atua na formação de opinião e para o desenvolvimento de Alagoas. Amorim lembrou que isso pode ser simbolizado na foto histórica de Arnon de Mello ao lado do Padre Théofanes, ao desembarcarem com a autorização em mãos.

“Ter o pioneiro da OAM ao lado do fundador do Cesmac, o Padre Théofanes, para nós é um orgulho, porque mostra a preocupação dos dois desde o início com a educação. E, agora, tudo isso ser lembrado e registrado num selo dos Correios traz um ganho maravilhoso”, completou Amorim.

Mais matérias
desta edição