app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5655
Política

1º NAVIO DE CRUZEIROS DA TEMPORADA 2023/2024 CHEGA A MACEIÓ NO DIA 18

Serão cinco meses de movimentação no Porto de Jaraguá, com a chegada de turistas do mundo inteiro

Por Jamylle Bezerra | Edição do dia 11/11/2023 - Matéria atualizada em 11/11/2023 às 04h00

Maceió se prepara para aquecer a economia com o início de mais uma temporada de cruzeiros. No dia 18 de novembro, chega ao Porto da capital alagoana o primeiro navio da temporada, o MSC Grandiosa - que é o maior da temporada. Mas esse será somente um de uma série de cruzeiros que devem passar por terras alagoanas até abril de 2024. Serão cinco meses de movimentação intensa e milhares de turistas conhecendo a cultura, a gastronomia e as belezas naturais do estado.

De acordo com a Secretaria de Estado do Turismo de Alagoas (Setur/AL), a expectativa para essa nova temporada é de que mais de 140 mil pessoas de todas as partes do mundo cheguem à capital alagoana, deixando cerca de R$ 85 milhões na compra de produtos em estabelecimentos comerciais e nas feiras de artesanato, e também com o pagamento de serviços ofertados por autônomos. A estimativa de gastos leva em consideração o gasto médio de R$ 606 que o cruzeirista deixa em cada destino, segundo a Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Clia).

No total, durante toda a temporada, serão dez navios que farão 28 paradas em Maceió. O primeiro deles, o MSC Grandiosa, é o maior de todos, com capacidade para mais de 6.500 passageiros e 1.700 tripulantes. Um verdadeiro gigante das águas, que fará 18 atracagens na capital alagoana.

E para receber esses visitantes com muita alegria e animação, o estado e o município devem preparar apresentações e muitas ações promocionais, visando conquistar os turistas já no primeiro momento em que eles pisem em terras alagoanas. A programação está sendo elaborada e não foi informada pelas respectivas pastas do Turismo.

A nova temporada será a maior da última década no Brasil, segundo a Clia. Para o secretário Municipal de Turismo (Semtur) de Maceió, Eduardo Monteiro, a passagem dos navios vai fortalecer ainda mais Maceió como um dos principais destinos turísticos do país.

“Os cruzeiros representam importante incremento na nossa economia. Cada cruzeirista que desembarca na cidade, mesmo que por um curto período de tempo, vem para desfrutar dos diferenciais que só Maceió oferece, como as belezas naturais, o artesanato, cultura, gastronomia e pontos criativos por toda a orla, e isso movimenta a nossa economia, gerando renda para a população. Com certeza essa temporada será histórica para o turismo”, destacou.

PREVISÃO

Além das 18 passagens do MSC Grandiosa pelo Porto de Maceió, a previsão é que a capital também receba outras 10 embarcações até abril de 2024. São elas: Norwegian Star (2), Costa Diadema (1) Seven Seas Splendor (1), MSC Lirica (1), MS Marina (1), Armonia (1), Seven Seas Voyager (1), MSC Seaview (1) e Preziosa (1).

Para o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) em Alagoas, Marcos Batalha, os bares e restaurantes de Maceió aguardam com expectativa a chegada dos cruzeiristas, isso porque a temporada sempre traz um impacto positivo para o setor.

“Com o aumento significativo do número de cruzeiros e de turistas, temos uma boa expectativa de aumento do movimentos nos bares e restaurantes da cidade, especialmente naqueles que ficam em bairros próximos da orla, como Pajuçara, Ponta Verde, Pajuçara, Jatiúca e também o Jaraguá, onde os visitantes desembarcam. Estamos preparados para receber todos esses turistas”, destaca Marcos.

Ele diz que, mesmo que o tempo de permanência do visitante no destino seja curto, o setor sempre sente o impacto, pois todos precisam parar para comer. Além disso, muita gente gosta de conhecer os “sabores” dos locais visitados.

ÚLTIMA TEMPORADA

Na última temporada de cruzeiros, que aconteceu entre 2022 e 2023, o estado recebeu mais de 70 mil cruzeiristas, que injetaram mais de R$ 40 milhões na economia local, conforme dados divulgados pela Setur.

Ao receber bem os turistas que chegam ao estado em navios de cruzeiro, o destino fortalece o setor, movimenta a economia e deixa nos visitantes a vontade de conhecer um pouco mais de tudo o que Alagoas pode oferecer. O objetivo é que eles divulguem o destino em suas respectivas cidades e voltem ao estado sempre que possível.

Mais matérias
desta edição