app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5749
Política

DNIT CONCLUI REVITALIZAÇÃO DE 50 QUILÔMETROS DA BR-423

Trecho recuperado corta os municípios de Inhapi, Delmiro Gouveia e Canapi, no Sertão

Por thiago gomes | Edição do dia 14/11/2023 - Matéria atualizada em 14/11/2023 às 04h00

A revitalização de 50 quilômetros na BR-423/AL, entre os municípios de Inhapi, Delmiro Gouveia e Canapi, no Sertão de Alagoas, foi concluída pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

Os serviços foram feitos em trechos descontínuos entre os quilômetros 25 e 105. Foram investidos R$ 19 milhões.

A autarquia realizou fresagem e recomposição de pavimento em 50 quilômetros. E, nos quilômetros 38 e 60, foram executados serviços de reciclagem de base e recomposição de camada com Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ).

Também estão sendo providenciadas manutenção e conservação em toda extensão da BR-423/AL, entre os quilômetros 0 e 105,5, que vão beneficiar, além de Delmiro Gouveia, Inhapi e Canapi, os municípios de Ouro Branco, Água Branca e Pariconha.

Importância - A BR-423 é uma rodovia de tráfego intenso que faz divisa com o estado de Pernambuco e corta boa parte do Sertão de Alagoas. A rodovia termina na Usina Hidrelétrica de Xingó, localizada no Rio São Francisco, na divisa de Alagoas e Sergipe, próximo a Piranhas. O Complexo de Xingó é uma atração para quem percorre a região, por conta dos famosos cânions, muito procurados por turistas que visitam o lugar.

Mais matérias
desta edição