app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5655
Política

TURISMO AQUECIDO EM MACEIÓ VAI MOVIMENTAR ECONOMIA ATÉ O MÊS DE ABRIL

Decoração natalina de Maceió é um dos grandes atrativos para moradores e visitantes

Por DA REDAÇÃO COM ASSESSORIA | Edição do dia 25/11/2023 - Matéria atualizada em 25/11/2023 às 04h00

Os investimentos da Prefeitura de Maceió para a captação de turistas no Brasil e no exterior já começaram a ter reflexos na economia local e a expectativa é que o aquecimento seja percebido até pelo menos abril do próximo ano.

O incremento do faturamento das empresas do segmento turístico já começou a ser sentido. De acordo com a Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Clia), só a temporada de cruzeiros vai injetar R$ 80 milhões na economia local.

O número é um cálculo sobre o gasto médio dos passageiros de cruzeiros que chegarão à capital de agora até abril de 2024, considerando que cada pessoa deixa em torno de R$ 606,00 na cidade.
Maceió é o destino mais procurado da CVC e o mais vendido da Azul Viagens. Por meio do trabalho do Município, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Semtur), foram conquistados 45 novos voos nacionais e internacionais para a alta temporada.

Para alcançar os resultados, a Prefeitura tem feito investimentos contínuos na divulgação do destino Maceió não só dentro do Brasil, mas também na Europa e América Latina. A Semtur realizou ações promocionais da campanha Maceió é Massa em Portugal e na Espanha, onde impactou mais de 50 milhões de pessoas.

Na América do Sul, a pasta capacitou mais de 1600 agentes de viagens e executou planos de mídias com as principais operadoras de turismo.

O secretário municipal de Turismo, Eduardo Monteiro, destacou que as ações do Município têm fortalecido o setor e garantido a geração de renda para quem mora em Maceió.

“Os turistas querem desfrutar dos diferenciais que só Maceió oferece, como as belezas naturais, o artesanato, cultura, gastronomia e pontos criativos por toda a orla, e isso movimenta a nossa economia, gerando renda para a população. O prefeito JHC está empenhado em fortalecer cada vez mais esse segmento, e com certeza essa temporada será histórica para o turismo”, afirmou.

Outro importante investimento realizado nesta alta temporada é a decoração natalina, com muitas luzes e pontos criativos. O Natal deste ano será o maior da história de Maceió e foi pensado para encantar moradores e visitantes.

A grande atração do evento é a árvore de natal gigante, com 37 metros de altura e um túnel luminoso de 11 metros com projeções de diferentes cores e formas.

A Autarquia de Iluminação Pública (Ilumina) utilizou mais de 150 mil pisca-piscas nos 500 coqueiros ao longo da orla e instalou outras 270 ornamentações natalinas em postes do Centro a Cruz das Almas.

Outros espaços que encantaram os primeiros visitantes, desde o dia do acendimento das luzes, foram a casa do Papai Noel, com 63m² e três ambientes, a Vila de Natal, onde está a Árvore da Vida, que permite a interação dos visitantes, o Presépio de Natal, o Papai Noel gigante, as árvores de “neve” e os balanços criativos, onde as pessoas podem tirar fotos.

Na inauguração da decoração de Natal, o prefeito JHC ressaltou que os investimentos em elementos criativos como os que embelezam a orla de Maceió no período natalino se alinham à necessidade do turismo, que é de uma indústria moderna.

“Maceió, além de ser a cidade sorriso, agora é também a cidade da luz. A indústria do turismo é uma indústria moderna, por isso a gente chama a atenção de todo o Brasil, usando elementos criativos para mostrar uma cidade de oportunidade para todos e que é destaque nacional e internacionalmente. Nossa vocação natural é o turismo, e esse calendário é muito importante para a gente manter a cidade com visitantes”, destacou.

Mais matérias
desta edição