app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Política

TRE inicia preparativos para as elei��es de 6 de outubro

Para as eleições deste ano, a serem realizadas no dia 6 de outubro, o Tribunal Regional Eleitoral em Alagoas (TRE/AL), colocará à disposição dos eleitores toda uma estrutura bem montada, em cada seção de votação, desde a inserção do voto na urna até a

Por | Edição do dia 12/05/2002 - Matéria atualizada em 12/05/2002 às 00h00

Para as eleições deste ano, a serem realizadas no dia 6 de outubro, o Tribunal Regional Eleitoral em Alagoas (TRE/AL), colocará à disposição dos eleitores toda uma estrutura bem montada, em cada seção de votação, desde a inserção do voto na urna até a apuração final. A garantia é do presidente do TRE/AL, desembargador Jairon Maia Fernandes. A principal inovação para o pleito deste ano ocorrerá em Maceió, cuja eleição contará com a impressão do voto. Significa que o eleitor vai visualizar através do Módulo Impressor Externo (MIE), os seus respectivos votos e caso concorde com as informações impressas, ou seja, se forem realmente os candidatos em quem deseje votar, vai poder confirmá-lo. Caso contrário, ele terá uma nova chance de votar e se, ainda assim, os candidatos mostrados no voto impresso não forem os que o eleitor escolheu, ele terá a possibilidade de votar, só que, desta vez, na cédula de papel. “Sabemos que a eleição é mais demorada por causa das cinco escolhas que o eleitor terá de fazer: presidente, governador, senador, deputado federal e deputado estadual. Mesmo assim, o novo sistema não irá atrapalhar o andamento da votação. Haverá um pouco de atraso, mas por outro lado, esse sistema garantirá a credibilidade do voto”, explica. Campanha Segundo ele, a partir de junho, o TRE e os cartórios eleitorais da capital alagoana iniciarão uma ampla campanha de divulgação do voto com a nova urna a ser utilizada em Maceió. Os TREs de todo o Brasil vão receber esses módulos impressores com a urna eletrônica a partir de 10 de junho, quando a Comissão de Divulgação de Voto Eletrônico vai estabelecer os critérios para o início da divulgação em Maceió. “O Tribunal Eleitoral já está preparando a logística com o pessoal de apoio, visando colocar em todos os locais de votação um bom número de pessoas para dar um suporte técnico à população”, informa o presidente do TRE/AL. Em nível de serviços para os eleitores, o TRE também irá colocar à disposição da população o Disque-eleitor, que será do tipo 0800, com 30 linhas telefônicas e um número em busca automática. O objetivo deste serviço, de acordo com Jairon Maia, é informar ao eleitor a sua seção e seu local de votação respectivamente. Além disso, o serviço tira eventuais dúvidas acerca das eleições 2002. O Disque-eleitor entrará em funcionamento a partir de setembro, 24 horas por dia, durante todos os dias, até o dia das eleições, inclusive aos sábados, domingos e feriados. Também a partir de setembro, o TRE deverá estar divulgando todos os locais de votação com as respectivas seções, através da mídia (jornais, diários, Internet, emissoras de rádio e televisão, bem como os demais órgãos de comunicação. Também estará à disposição dos eleitores um programa de divulgação de resultados de eleição, compatível com qualquer sistema operacional, em qualquer computador. Nesse programa, os eleitores vão poder acessar, em casa, os resultados da eleição de qualquer parte do País. O programa será gratuito, disponibilizado nos principais sites da Internet, assim como nos próprios sites da Justiça Eleitoral. “O sistema está em fase de homologação, mas acredito que em setembro, antes das eleições, deverá estar operando”, disse, acrescentando que na campanha eleitoral passada, o programa já funcionava só que no padrão Windows. Este ano, porém, a Justiça Eleitoral aumentou a compatibilidade com os micros. Adaptadores O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai destinar dez mil urnas eletrônicas com adaptadores para fones de ouvido para que os eleitores portadores de deficiência visual possam conferir o voto assinalado, sem prejuízo do sigilo do sufrágio. De acordo com a resolução aprovada pelos ministros, nas eleições de 6 de outubro, para a escolha do presidente da República, governador, senador, deputado federal, estadual e distrital, os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) terão de criar seções eleitorais especiais destinadas a eleitores deficientes em locais de fácil acesso, com instalações sanitárias e estacionamento. Os juizes eleitorais nos municípios onde não for possível a instalação de seções especiais, conforme o TSE, poderão designar uma das seções já existentes para funcionar como seção especial. Os eleitores que desejarem votar nas seções especiais deverão solicitar transferência do antigo local de votação até 151 dias antes das eleições. Necessidades Até o dia 6 de julho, segundo a resolução do TSE, os eleitores portadores de deficiência poderão comunicar ao juiz eleitoral, por escrito, suas restrições e necessidades, para que a Justiça Eleitoral possa facilitar-lhes o exercício do voto. O TSE determinou, também, que a Justiça Eleitoral promova nos Estados uma ampla divulgação das regras sobre o voto desses eleitores. Segundo o presidente do TRE/ AL, desembargador Jairon Maia Fernandes, o órgão está desenvolvendo várias ações para facilitar a votação dos portadores de deficiência. “Estamos determinando aos juízes eleitorais que direcionem as sessões para o primeiro piso ou térreo. Dessa forma, as pessoas serão melhor assistidas. Na capital, tentaremos concentrar os deficientes visuais na Escola de Cegos Ciro Acioly. Contudo, verificamos, nos pleitos passados, que alguns portadores de deficiência física preferem continuar nas sessões onde sempre votaram”, salientou Jairon Maia.

Mais matérias
desta edição