app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Política

Multinacional vence licita��o na Sima

| ODILON RIOS Repórter A multinacional Citeluz foi a escolhida em uma licitação com 30 empresas, para fornecimento e manutenção das lâmpadas e luminárias públicas da capital, a partir do ano que vem. A informação foi do superintendente da Iluminação Mun

Por | Edição do dia 23/12/2005 - Matéria atualizada em 23/12/2005 às 00h00

| ODILON RIOS Repórter A multinacional Citeluz foi a escolhida em uma licitação com 30 empresas, para fornecimento e manutenção das lâmpadas e luminárias públicas da capital, a partir do ano que vem. A informação foi do superintendente da Iluminação Municipal (Sima), José Maurício Cansanção. Segundo ele, com a licitação, “haverá economia entre 20% e 40% nos custos da Sima”. Pelo contrato, a Citeluz vai receber, por ponto aceso na capital, R$ 6,40 ao mês. Existem 45 mil pontos e o custo aproximado é de R$ 280 mil. Antes, segundo Cansanção, eram gastos R$ 316 mil. Guerra O episódio que mais chamou a atenção na prefeitura ontem foi uma confusão entre o prefeito Cícero Almeida (PTB) e seus secretários. A Gazeta apurou que dois secretários, Rafael Tenório (Indústria e Comércio) e Elionaldo Magalhães (da assessoria técnica do prefeito), teriam entregue os cargos no começo da tarde, depois de uma reunião tensa. O secretário de Saúde, João Macário, que não estava presente na reunião, também teria ameaçado se demitir. Os três foram ouvidos pela Gazeta. Negaram as demissões e disseram ter “ótimas relações” com Almeida. O prefeito não foi encontrado. A atitude dos três secretários seria forçar a exoneração, em conjunto, de todos os membros da equipe, insatisfeitos com a administração.

Mais matérias
desta edição