app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Política

Renan: m�quina n�o est� inchada

O presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB), disse ontem, em entrevista ao programa Bom Dia Alagoas, da TV Gazeta, que a máquina administrativa do Estado não está “com excesso de pessoal”. “Acho que o Estado não tem excesso de pes

Por | Edição do dia 10/01/2006 - Matéria atualizada em 10/01/2006 às 00h00

O presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB), disse ontem, em entrevista ao programa Bom Dia Alagoas, da TV Gazeta, que a máquina administrativa do Estado não está “com excesso de pessoal”. “Acho que o Estado não tem excesso de pessoal. Já teve excesso de pessoal, hoje não tem. Importante é se ter uma política de valorização de pessoal, um plano de cargos e salários”. Renan disse ainda que é contrário a “desempregar” pessoas. O corte de secretarias era visto como uma das condições para que Renan disputasse o governo alagoano. Ontem, ao ser perguntado sobre essa condição, o presidente do Congresso não confirmou nem desconfirmou conversas nesse sentido com o governador Ronaldo Lessa (PDT). Governo Sobre sua candidatura ao governo, o senador mais uma vez protelou a decisão, desta vez para “os próximos 30 ou 60 dias” e disse que iria “conversar com todo mundo”. “Evidente que defendo a união por Alagoas, mas minha candidatura independe de outra candidatura”, disse Renan, ao falar do deputado federal João Lyra (PTB), pré-candidato assumido ao governo. Para disputar o governo, Renan colocou quatro condições: “O importante é que tenhamos um plano de desenvolvimento de Alagoas nas mãos, alguém que tenha densidade eleitoral, competência e apoio em Brasília para que isso aconteça”. Depois, falou sobre a situação financeira do Estado: “Acho que a viabilização econômica do Estado é vital. Ajudei muito o governador Ronaldo Lessa para conseguirmos uma liminar para limitar o comprometimento do pagamento do Estado a 15% de sua receita. Alagoas chegava a gastar 25%”, disse. |OR

Mais matérias
desta edição