app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Política

Servidores da prefeitura podem parar

| ODILON RIOS Repórter O secretário de Finanças da capital, Rafael Tenório, descartou ontem qualquer possibilidade de conceder aumento superior a 8% aos servidores de níveis fundamental e médio. Os servidores se reúnem hoje, a partir das 8h30, na Praç

Por | Edição do dia 26/04/2006 - Matéria atualizada em 26/04/2006 às 00h00

| ODILON RIOS Repórter O secretário de Finanças da capital, Rafael Tenório, descartou ontem qualquer possibilidade de conceder aumento superior a 8% aos servidores de níveis fundamental e médio. Os servidores se reúnem hoje, a partir das 8h30, na Praça Sinimbu, para uma assembléia geral. Caso o governo não siga a proposta da categoria, que é de 8%, eles ameaçam entrar em greve hoje mesmo. Estes servidores fizeram assembléia geral na segunda-feira, quando resolveram decretar “estado de greve”. São 7.063 servidores que poderão deixar de varrer o chão dos órgãos públicos, dirigir os carros dos secretários ou assessorar as equipes na área administrativa, se a prefeitura não acatar o aumento de 10%. ### Sindicato fala em estado de greve na PMM Após a assembléia realizada, no Clube Fênix Alagoana, os servidores da Prefeitura Municipal de Maceió (PMM) decidiram decretar estado de greve. Por conta disso, a diretoria do sindicato convocou os servidores para uma nova assembléia, que será realizada hoje, para decidir, mais uma vez, sobre a reposição salarial. A assembléia será realizada na Praça Sinimbu, a partir das 8h30. Após a assembléia, os servidores programaram uma passeata pelas ruas do Centro da cidade. ///

Mais matérias
desta edição