app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5691
Política

“N�o me sinto um traidor dos servidores p�blicos”

| Niviane Rodrigues Repórter A dez dias de completar 56 anos e vivendo sua primeira experiência como chefe de Poder Executivo, o governador de Alagoas, Teotonio Vilela Filho (PSDB), enfrenta um verdadeiro turbilhão de protestos contra as medidas adotada

Por | Edição do dia 21/01/2007 - Matéria atualizada em 21/01/2007 às 00h00

| Niviane Rodrigues Repórter A dez dias de completar 56 anos e vivendo sua primeira experiência como chefe de Poder Executivo, o governador de Alagoas, Teotonio Vilela Filho (PSDB), enfrenta um verdadeiro turbilhão de protestos contra as medidas adotadas por seu governo para cortar gastos e conseguir administrar a máquina pública. Indignados com o corte nos salários, servidores estaduais foram às ruas, ocuparam o prédio da Secretaria da Fazenda e ameaçaram até invadir o Palácio do Governo. Tudo isso, porém, parece não ter tirado de Vilela a certeza de que a medida, mesmo considerada radical, era a única saída. Na última sexta-feira, a Gazeta conversou com o governador e traz, na entrevista abaixo, a opinião dele sobre a situação do Estado. G – Antes de o senhor assumir o governo de Alagoas a equipe de transição já se reunia com membros do governo Abílio/Lessa há dois meses. O senhor teve acesso aos números do Estado antes de tomar posse? Teotonio Vilela Filho - As comissões de transição se reuniram várias vezes, mas não chegaram a uma posição comum em relação aos números porque sempre havia divergências sobre a interpretação dos números. O fato é que foi uma surpresa me deparar com um déficit superior a R$ 400 milhões. Nossa expectativa era de que houvesse um déficit de, no máximo, R$ 50 milhões. Foi uma surpresa desagradável. ### QUEM É Nome: Teotonio Vilela Filho Idade: 56 anos Cargo: Governador de Alagoas Partido: PSDB Formação: Economia pela Universidade de Brasília (UnB), com especialização em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). ///

Mais matérias
desta edição