app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5655
Política

Concurso unificado exige foco e cronograma de estudos,diz especialista

Em Alagoas, provas serão realizadas em Maceió e Arapiraca e devem ter a participação de milhares de candidatos

Por | Edição do dia 13/01/2024 - Matéria atualizada em 13/01/2024 às 04h00

O anúncio da realização de concursos para 21 áreas do governo federal de forma unificada mobiliza quem sonha com uma vaga efetiva no serviço público. Os especialistas em preparação dizem que não há tempo a perder, já que a aplicação da prova do “Enem dos Concursos” – que oferece 6.640 vagas em todo o País – vai ocorrer no dia 5 de maio deste ano. Em Alagoas, as provas serão aplicadas em Maceió e Arapiraca e devem ter a participação de milhares de candidatos.

Mesmo reconhecendo que o tempo é curto, a especialista em preparação Mônica Camerino alerta que o mais importante é o candidato estudar bem o edital e entender como planejar sua preparação.

O foco nos conhecimentos gerais, administração, direito, lógica e conhecimentos específicos não pode ficar fora da estratégia de estudo.

“Tem que ter metodologia. Porque a parte de conhecimentos gerais veio diferente dos demais editais. Precisa se organizar e traçar um cronograma. E se preparar, praticamente, em tempo integral”, sugere Mônica.

A especialista lembrou também que, de acordo com o edital, os candidatos podem, dentro de cada bloco, ter a possibilidade de ter a nota aproveitada para outras opções. Sendo assim, vale muito a pena se preparar da forma correta e focar nos estudos.

“Como é por blocos, a pessoa pode se inscrever para mais uma de área e pode ser chamado para mais de uma opção. Nunca podemos dizer que não dá tempo. Aula presencial é muito importante para resolver questões com material de qualidade e atualizado”, defendeu Mônica.

Por isso, desde que o edital foi publicado, ela tem discutido todos os detalhes com sua equipe de trabalho para reunir o conteúdo, em especial do nível intermediário, que oferta salários a partir de R$ 4 mil. Ainda assim, vai disponibilizar preparação de conhecimentos gerais para o nível superior.

Quanto à parte específica de cada área, mediante suas exigências e competências, o candidato deve optar pela resolutividade de questões da Fundação Cesgranrio para entender como a entidade costuma cobrar os conteúdos.

“Outro detalhe que os candidatos não podem esquecer é que também existirão questões dissertativas. Então, dominar os conteúdos específicos também vai fortalecer a preparação para elas”, completou a especialista.

ROTINA

José Victor César, que tem um perfil nas redes sociais (JVC concursos) onde apresenta dicas para quem encara a rotina de estudos e quer ficar antenado nas datas dos certames, aconselha: “O ideal é iniciar conhecendo as disciplinas básicas em concursos e, em paralelo, ir conhecendo as áreas dos certames, pois os conteúdos da parte específica do concursos serão de acordo com a área que você escolher”.

Já para quem quer iniciar os estudos para concursos futuros, a dica, segundo ele, é: “ Mantenha a rotina diária de estudos. A constância é um dos pontos mais relevantes da preparação para as provas. Muitas vezes o estudante é intenso nos estudos por algumas semanas, mas na outra não mantém o ritmo e desanima. Ser intenso em determinados momentos e não ser constante não produz grandes resultados. Desenvolva a constância”.

Mais matérias
desta edição