app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5655
Política

AL vai investir mais de R$ 17 mi para estimular produção científica

Novos editais foram lançados ontem em solenidade no Palácio República dos Palmares

Por Da Redação | Edição do dia 25/01/2024 - Matéria atualizada em 25/01/2024 às 04h00

O Governo de Alagoas lançou ontem os novos editais do Programa Mais Ciência, Mais Futuro, da Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Secti), em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa de Alagoas (Fapeal). A solenidade foi realizada no auditório Aqualtune, no Palácio República dos Palmares, que reuniu estudantes, professores, representantes de instituição científica e de empresas de tecnologia.

O aporte inicial dos editais para 2024 ultrapassa os R$ 17 milhões. Ao todo, serão destinadas 180 bolsas, sendo 120 bolsas de mestrado, no valor de R$ 2.100, e 60 de doutorado, no valor de R$ 33.100, totalizando mais de R$ 14 milhões.

Já o edital Pró-Equipamentos destina R$ 2 milhões à aquisição e manutenção de equipamentos de laboratórios multiusuários, e vai contemplar, preferencialmente, propostas que possam demonstrar a sua utilidade para pelo menos quatro programas de pós-graduação, acadêmicos ou profissionais, simultaneamente, provendo instrumentos de pesquisa para diversas áreas do conhecimento.

O Programa de Bolsas de Iniciação Científica Júnior Sesi Senai, destinado aos estudantes dos 1º e 2º anos das escolas dessa rede em Alagoas, vai estimular projetos de pesquisa e inovação em Ciência, Tecnologia e Economia Criativa. Para isso, o governo de Alagoas investirá R$ 205 mil, durante 12 meses, em 50 bolsas para os alunos e 50 taxas de bancada, ou seja, recursos para serem gastos com equipamentos e serviços necessários à realização das propostas selecionadas.

Mais matérias
desta edição