app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Política

Rei Charles III é diagnosticado com câncer, diz palácio

Monarca já iniciou tratamento e pretende retomar suas funções em breve; tipo de tumor não foi revelado

Por Agência Estado | Edição do dia 06/02/2024 - Matéria atualizada em 06/02/2024 às 04h00

O rei Charles III, de 75 anos, está com câncer, informou nesta segunda-feira, 5, o Palácio de Buckingham. O tipo de tumor não é na próstata, mas segundo a BBC, foi descoberto enquanto o monarca britânico passava por um tratamento no local.

O tipo do tumor não foi revelado. Não há detalhes sobre o estágio ou prognósticos sobre a doença.

Ainda de acordo com o Palácio, o tratamento começou na segunda-feira. O rei, diz a nota da Casa Real, está otimista com o tratamento e pretende retomar suas funções em breve. Nesse ínterim, outros membros da família real, entre eles o príncipe William, herdeiro do trono, devem substituí-lo. O rei manterá suas funções de chefe de Estado.

A última aparição pública de Charles III foi registrada no domingo, quando ele foi à missa em Sandringham. Na ocasião, ele acenou para os súditos.

Em janeiro ele passou por uma cirurgia para tratar um inchaço na próstata que, segundo os médicos, era benigno.

Na ocasião, o monarca disse que decidiu tornar o problema público como modo de incentivar que homens busquem tratamento. Ele também declarou ter ficado contente com o aumento de buscas por diagnósticos da doença no Reino Unido.

Charles III foi coroado em maio, oito meses após a morte da mãe, a rainha Elizabeth II, que permaneceu mais de sete décadas no trono.

VISITA

O príncipe Harry disse que viajará para Londres nos próximos dias para visitar o pai, o rei Charles III, após a divulgação do diagnóstico.

Harry, que mora na Califórnia com Meghan Markle e os filhos Archie e Lilibet, disse ter conversado com o pai sobre seu diagnóstico e informou que pretende ir ao Reino Unido nos próximos dias

Harry e Meghan deixaram suas responsabilidades como membros da monarquia do Reino Unido em 2021 e o príncipe já não possui o título de ‘Sua Alteza Real’, sendo chamado apenas de “duque de Sussex” no site da família real britânica.

REPERCUSSÃO

Diversos líderes mundiais repercutiram o diagnóstico de câncer do rei Charles III, desejando boa recuperação ao monarca do Reino Unido.

Rishi Sunak, primeiro-ministro do Reino Unido, desejou rápida recuperação ao rei pelas redes sociais, destacando que não tem dúvida que ele “retornará logo com força máxima” e que “todo o país deseja que fique bem”.

Joe Biden, presidente dos Estados Unidos, afirmou que está preocupado com o diagnóstico de câncer de Charles, destacando que planeja ligar para o monarca mais tarde.

Mais matérias
desta edição