app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5751
Política

PDT aproveita vácuo do PT e busca indicar vice de Rafael Brito

Entre os nomes sugeridos pelo partido para compor a chapa está o do ex-prefeito Cícero Almeida

Por Thiago Gomes | Edição do dia 10/07/2024 - Matéria atualizada em 10/07/2024 às 23h29

Em meio a discussão sobre a sucessão eleitoral em Maceió, o Partido Democrático Trabalhista (PDT) busca seu espaço na mesa de negociação e enxerga a possibilidade de indicar o nome do vice na chapa do MDB encabeçada pelo deputado federal Rafael Brito. O PDT aproveita a lacuna criada pelo PT de Ricardo Barbosa e Paulão, que insistem em candidatura própria no pleito.

Entre os nomes que PDT sugere para a chapa com Brito, destaca-se o do ex-prefeito de Maceió Cícero Almeida. O legado do conjunto de obras que fez na cidade, especialmente de mobilidade urbana, é um dos argumentos que o credenciam para esse posto, defendem os pedetistas.

A hipótese de Almeida como vice foi discutida em encontro com os pré-candidatos da legenda, ocorrido na noite da última terça-feira (9) e que foi comandado pelo vice-governador Ronaldo Lessa, presidente do diretório estadual. Almeida já havia anunciado, no começo do ano, a intenção de disputar uma das 27 vagas na Câmara Municipal nas eleições deste ano.

“O PDT Maceió está pronto para as eleições 2024. Reunimos os pré-candidatos do partido aqui da capital para discutir as diretrizes do projeto político que visualizamos para estas eleições. É um momento de união e fortalecimento, com o objetivo de conquistar espaços de representação e defender os direitos do povo de Alagoas”, declarou o vice-governador Ronaldo Lessa.

O presidente do diretório municipal do PDT, Arthur Lins, evitou falar em Cícero Almeida como provável indicação da sigla para a chapa do MDB, mas assegurou que, internamente, há nomes credenciados para a disputa majoritária, tanto para prefeito quanto para vice-prefeito.

“Fazemos parte da aliança que elegeu o governo estadual e estamos prontos para ajudar da melhor forma possível. Montamos uma chapa forte de pré-candidatos para vereadores, que poderá fazer dois, três ou até mais nomes. Está na hora do eleitor abrir os olhos e o coração e votar nos candidatos que tenham propostas para a nossa cidade, e os nossos pré-candidatos têm”, disse Lins.

No encontro, os pré-candidatos até sugeriram que o PDT se posicione como cabeça de chapa - ou seja - apresente um nome para concorrer à Prefeitura de Maceió. No entanto, a discussão só evoluiu para que se preparasse um filiado para esta missão. De forma unânime, Cícero Almeida foi o escolhido.

IMPASSE

Do lado governista, o impasse sobre o vice de JHC também é tratado a sete chaves. Nomes de integrantes do PP de Arthur Lira (Luiz Romero e Jó Pereira) esperavam a convocação para um deles assumir o posto. Por sua vez, O senador Rodrigo Cunha (Podemos) também trabalha para ser o escolhido, abandonando dois anos de Senado e passando o bastão para Eudócia Caldas, suplente.

As convenções partidárias devem ser realizadas entre 20 de julho e 5 de agosto, seguindo o cronograma do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A propaganda eleitoral nas ruas e na internet começa no dia 16 de agosto.

Mais matérias
desta edição