app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Rural

PAA atendeu 27 municípios

Foram beneficiadas 719 famílias de pequenos agricultores familiares vinculados a associações e cooperativas alagoanas

Por CONAB | Edição do dia 09/01/2021 - Matéria atualizada em 08/01/2021 às 22h08

Em 2020, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) beneficiou, em Alagoas, no âmbito do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), 719 famílias de pequenos agricultores vinculados a associações e cooperativas de agricultura familiar localizados em 24 municípios do estado. A comercialização dos produtos foi realizada na modalidade de Compra com Doação Simultânea (CDS) e teve orçamento de aproximadamente R$ 9,8 milhões.

A implementação do PAA nessa modalidade permitiu a doação de mais de 2 mil toneladas de alimentos para 247.608 pessoas em situação de risco alimentar e nutricional, atendidas por instituições assistenciais em 27 municípios. Dentre os produtos comercializados e entregues à população estão frutas e hortaliças, bolos e bebidas lácteas.


Além do apoio à agricultura familiar, a Conab atendeu a demanda de 422 pequenos criadores de animais, com a venda de 3.879 toneladas de milho em grãos pelo Programa de Vendas em Balcão
Além do apoio à agricultura familiar, a Conab atendeu a demanda de 422 pequenos criadores de animais, com a venda de 3.879 toneladas de milho em grãos pelo Programa de Vendas em Balcão - Foto: Divulgação
 

Além do apoio à agricultura familiar, a Conab atendeu a demanda de 422 pequenos criadores de animais, com a venda de 3.879 toneladas de milho em grãos pelo Programa de Vendas em Balcão (ProVB). Para o próximo ano, há a expectativa de abertura de dois pólos volantes nos municípios de Arapiraca e Santana de Ipanema. Com isso, poderão ser comercializadas 6 mil toneladas do produto para o atendimento de 700 criadores em 90 municípios.

Outra ação da Companhia está relacionada à distribuição de cestas de alimentos. Em 2020 foram doadas 15.209 unidades, compostas por produtos como arroz, feijão, farinha de mandioca, óleo, açúcar, flocos de milho, macarrão e leite em pó. As cestas foram entregues a indígenas, quilombolas e no atendimento a mulheres em situação de risco e de violência doméstica. Ao todo foram distribuídos no estado 316.958 kg de alimentos adquiridos por meio de convênio entre a Conab e o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH).

Mais matérias
desta edição