app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Rural Reunião contou representantes dos fornecedores de regiões produtoras de cana do Estado

Fornecedores discutem reabertura de usina

Primeiras tratativas tiveram início com os proprietários da usina Porto Alegre, localizada no município de Colônia de Leopoldina

Por Editoria do Gazeta Rural | Edição do dia 27/02/2021 - Matéria atualizada em 25/02/2021 às 00h35

Fornecedores de cana de várias regiões do Estado estiveram, na sede da Asplana, no bairro de Jaraguá, para discutir a proposta de reabertura de usinas de cana-de-açúcar que estão desativadas.

“Os fornecedores estão, realmente, querendo que este processo avance. Chegamos ao consenso que no norte do Estado, por perder muita cana para Pernambuco, principalmente na área próxima a divisa, merece uma atenção especial para ser reaberta uma usina naquela região”, afirmou o presidente da Asplana, Edgar Filho, que coordenou o encontro que contou com a presença de demais diretores da entidade de classe.

De acordo com o dirigente do setor, as primeiras tratativas com os proprietários da usina Porto Alegre, localizada no município de Colônia de Leopoldina, já começaram a ser iniciadas. “Com isso, vamos avançando com a finalidade de preparar um projeto que seja viável para que possamos levar ao Governo do Estado”, reforçou.


Reunião contou representantes dos fornecedores de regiões produtoras de cana do Estado
Reunião contou representantes dos fornecedores de regiões produtoras de cana do Estado - Foto: Divulgação
 

Edgar Filho acrescentou ainda que a Asplana está pleiteando junto ao executivo alagoano a redução do imposto para que se iguale ao praticado em Pernambuco, onde o crédito presumido é de 6% como forma de incentivar a reabertura das unidades industriais que estão em recuperação industrial. “Queremos que o Governo do Estado dê esse crédito para nós para que possa viabilizar a reabertura das unidades industriais aqui em Alagoas”, destacou o presidente.

Mais matérias
desta edição