app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5714
Rural

Expoagro fatura mais de R$ 10,4 mi

Exposição se consolidou em definitivo como o melhor centro de negócio do Norte e Nordeste em 2019

Por Editoria do Gazeta Rural | Edição do dia 16/11/2019 - Matéria atualizada em 16/11/2019 às 04h00

Exposição foi considerada pelos organizadores como a melhor dos últimos anos
Exposição foi considerada pelos organizadores como a melhor dos últimos anos - Foto: Divulgação
 

A 69ª Expoagro/AL finalizou suas atividades movimento mais de R$ 10,4 milhões em oito leilões e negócios dentro do Parque da Pecuária. O valor, segundo a Associação dos Criadores de Alagoas (ACA), é 30% maior do que o montante gerado no ano passado.

O total de 2.100 animais participaram das atividades de julgamentos, exposição, competições e leilões. Os remates das raças nelore, gir leiteiro, girolando, dorper, quarto de milha e mangalarga marchador arrecadaram R$ 9,4 milhões. Mais de 300 criadores, de estados do Nordeste, São Paulo, Piauí, Minas Gerais, Goiás, Pará e Paraná visitaram a Expoagro em 2019. Segundo Rodrigo Loureiro, diretor da Agreste Leilões, todos os remates registraram liquidez e até lucro de 100% aos criadores. “Tivemos uma exposição excepcional, muito forte, dobrando o faturamento em algumas ocasiões”, pontuou Loureiro.

Além dos negócios a Expoagro provou sua força no mercado, atraindo um público duas vezes maior de expositores. Foram montados no Parque da Pecuária 66 estandes, com empresas e profissionais de diferentes segmentos, a exemplo de veículos automotivos, vestuário, cooperativas, equipamentos agropecuários e entidades como Sebrae/AL e Banco do Nordeste. Mais de 70 mil pessoas visitaram o Parque da Pecuária no período de 26 de outubro a 3 de novembro, segundo a contagem da ACA.

“Em 2019, a Expoagro fez sua edição mais completa, abrigando multiplataformas produtivas, do grande criador ao criadores de aves, peixes, e criadores de pequenos rebanhos. Colocou de fato os melhores produtos do agronegócios de Alagoas e se firmou como melhor comércio regional de leilões”, destacou Domício Silva.

Mais matérias
desta edição