app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5756
Rural

Setor sucroenergético apresenta pauta ao futuro governo

Foram discutidas demandas, a exemplo da tributação do PIS/ COFINS sobre a gasolina e o retorno da TEC sobre a importação de etanol

Por Editoria do Gazeta Rural | Edição do dia 26/11/2022 - Matéria atualizada em 26/11/2022 às 04h00

O presidente do Sindaçúcar-AL e vice-presidente do COAGRO/CNI, Pedro Robério Nogueira, participou, em Brasília, de uma reunião com o senador Carlos Fávaro, coordenador do Grupo de Transição do novo governo, que assume a partir de 1º de janeiro, responsável por tratar de assuntos relacionados à pasta da Agricultura.

Na oportunidade, o dirigente do setor sucroenergético alagoano, acompanhado do presidente e do secretário executivo do Fórum Nacional Sucroenergético, Mário Campos e Roberto Holanda, respectivamente, apresentou questões importantes para o setor canavieiro nacional e alagoano, a exemplo da tributação do PIS/ COFINS sobre a gasolina e o retorno da TEC sobre a importação de etanol.

 

Encontro contou com a participação do presidente do Sindaçúcar-AL e demais dirigentes do setor canavieiro nacional
Encontro contou com a participação do presidente do Sindaçúcar-AL e demais dirigentes do setor canavieiro nacional - Foto: Divulgação
 

Na reunião, outro assunto que foi discutido com o senador Fávaro foi a manutenção do Programa Renovabio e a execução de projetos de estímulo à irrigação na região Nordeste.


Transição

O grupo de transição tem a missão de elaborar um diagnóstico em conjunto com representantes do agronegócio, definindo diretrizes para uma nova política agrícola. 

O grupo também tem a função de contribuir para o debate em curso na transição sobre a possibilidade de desmembrar o ministério em dois: Agricultura e Desenvolvimento Agrário. Carlos Fávaro tem o objetivo de aproximar o futuro governo com a bancada ruralista no Congresso.

Mais matérias
desta edição