app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5717
Rural

Colaboradores da Pindorama participam de capacitação do Renovabio

Cooperativa está certificada no programa desde 2020

Por Editoria do Gazeta Rural com assessoria | Edição do dia 24/12/2022 - Matéria atualizada em 24/12/2022 às 04h00

Colaboradores da Cooperativa Pindorama que lidam diretamente com o processo de produção de etanol e organização de dados participaram de uma capacitação sobre o programa Renovabio. O treinamento aconteceu no Centro de Treinamento Rural de Pindorama-CETRUP e foi ministrado por especialistas da Ceox Planejamento e Otimização, de Piracicaba-SP.

De acordo com o engenheiro eletricista e consultor da Ceox Carlos Xavier, a capacitação teve como objetivo apresentar aos funcionários da Pindorama a contextualização do Renovabio de forma mais aprofundada, trazendo mais detalhes da gestão, operacionalização e benefícios do programa.

“Pindorama já está certificada no Renovabio desde 2020, já tem expertise no assunto, mas a capacitação traz mais detalhes com o sentido de melhorar os resultados da certificação”, disse Xavier.

Segundo Weverton Ferreira, engenheiro ambiental da Pindorama, a produção do etanol pela Cooperativa oportuniza muitos benefícios, da geração de emprego e renda à redução da emissão de poluentes na atmosfera, uma vez que o etanol é um biocombustível, produzido a partir de fonte limpa e renovável.

“A produção do etanol pela Pindorama traz muito desenvolvimento para nossa região, mas destacamos a maneira como esse desenvolvimento é gerado, sem agressão ao meio ambiente, garantindo que nosso ecossistema possa conviver de forma harmônica com o progresso, por meio da redução da emissão do carbono na atmosfera. Através do Renovabio ainda temos a vantagem de gerar receita aos nossos associados, que recebem anualmente o crédito de carbono de suas produções”, destacou Ferreira.

 

Treinamento teve o objetivo de melhorar os resultados da certificação
Treinamento teve o objetivo de melhorar os resultados da certificação - Foto: Ascom
 

Para o presidente da Cooperativa Pindorama, Klécio Santos, o Renovabio vem contribuindo de forma significativa para a superação dos desafios técnicos e econômicos do setor, e quanto mais se conhece o programa, mais benefícios ele poderá gerar aos produtores de Pindorama.

“A certificação pelo Renovabio nos oportuniza concorrer de forma mais coerente com combustíveis fósseis. Capacitar nossos colaboradores e apresentar mais detalhes do sistema, nos permitirá usufruir de forma mais abrangente os benefícios do programa, trazendo para nossa empresa as vantagens devidas de se produzir um combustível limpo e que não agrida o meio ambiente”,

O RenovaBio é uma iniciativa do Ministério de Minas e Energia (MME), lançada em dezembro de 2016, que visa expandir a produção de biocombustíveis, fundamentada na previsibilidade e sustentabilidade ambiental, econômica e social.

Esse programa visa ao aprimoramento das políticas e dos aspectos regulatórios dos biocombustíveis.

No caso de Pindorama, o biocombustível produzido é o etanol a partir da moagem da cana-de-açúcar. Em breve, a Cooperativa lançará no mercado o etanol derivado do processamento do milho, inserindo no mercado mais um produto que promete dar ainda mais robustez à já consagrada marca.

Mais matérias
desta edição