app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Rural

Projeto ambiental zera uso de herbicidas

Agreste Rural doa mantas que protegem o solo, retêm umidade e evitam o uso de produtos químicos no controle de ervas daninhas

Por Editoria do Gazeta Rural com assessoria | Edição do dia 21/01/2023 - Matéria atualizada em 21/01/2023 às 04h00

É uma das missões da Agreste Saneamento – operação do grupo Iguá em Alagoas - promover responsabilidade socioambiental junto às comunidades em que atua. Por meio do projeto Agreste Rural, que atende pequenos agricultores da região em parceria com a Prefeitura de Arapiraca, mantas doadas pela empresa são utilizadas na produção agrícola, protegendo o solo, retendo umidade e evitando o uso de agrotóxicos no controle de ervas daninhas.

A supervisora de sustentabilidade da Agreste Saneamento, Rafaela Santoro, comenta que os agricultores têm mantido suas produções de forma orgânica e sem o uso de agrotóxicos a partir do uso e aproveitamento das mantas.

 

Agricultores familiares atendidos pela iniciativa colhem alimentos saudáveis em suas lavouras
Agricultores familiares atendidos pela iniciativa colhem alimentos saudáveis em suas lavouras - Foto: Ascom
 

“Esse incentivo gera inúmeros benefícios para toda a cadeia produtiva, dá qualidade de vida para quem planta e para quem consome. Ficamos felizes em ver projetos dando resultados e contribuindo de fato com melhoria para as pessoas”, enfatizou.

Segundo o técnico de meio ambiente da empresa, Diego Salgueiro, o uso de ferramentas inovadoras podem ser replicadas ou mesmo adaptadas para outras realidades. “Inicialmente, a utilização da manta foi testada para a produção de hortaliças folhosas. Porém, com a difusão da ideia, a iniciativa foi evoluindo e hoje é utilizada de diferentes formas, auxiliando várias famílias que têm como atividade principal a agricultura. Essa iniciativa protege os corpos hídricos da contaminação por agrotóxicos”, destacou.

Mais matérias
desta edição