app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Rural

Safra agrícola de Alagoas deve crescer 73%, segundo IBGE

Prognóstico do IBGE também apresentou dados da safra de feijão, que deve ter um aumento de 172,2%

Por Editoria do Gazeta Rural | Edição do dia 18/02/2023 - Matéria atualizada em 18/02/2023 às 04h00

O estado de Alagoas tem estimativa de safra de 182 milhões de toneladas, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na avaliação lançada em janeiro de 2023. A previsão é de um aumento de 73% na produção agrícola alagoana, quando comparado ao mesmo período no ano anterior.

Além do avanço na produtividade, a área plantada no Estado também tem um prognóstico positivo de aumento de 95%, com previsão de mais de 96 mil hectares plantados para este ano, ante os 49,2 mil hectares do ano de 2022.

 

Além do avanço na produtividade, a área plantada no Estado também tem um prognóstico de aumento de 95%
Além do avanço na produtividade, a área plantada no Estado também tem um prognóstico de aumento de 95% - Foto: RAUL PLÁCIDO
 

No prognóstico do IBGE, também foram apresentados dados da safra de feijão, que deve ter um aumento de 172,2%, o maior aumento apresentado no país, ficando à frente dos estados do Tocantins (30,1%), Paraíba (66,4%), Minas Gerais (9,5%), Paraná (6,9%) e Mato Grosso (10,8%). Há, ainda, a previsão de alta para o milho (2ª safra): 11,8%; e de tomate: 185,8% na produção agrícola.

Os dados apresentados, de acordo com a Secretaria de Estado da Agricultura e Pecuária (Pecuária), tem um reflexo diretamente ligado aos incentivos na produção agrícola do Governo do Estado, com o programa Planta Alagoas, que distribui sementes de milho, feijão, sorgo e arroz. Para 2023, a estimativa inicial é de distribuir 1.400 toneladas de sementes aos agricultores familiares.Em 2022, o Planta Alagoas beneficiou mais de 60 mil famílias com a distribuição de sementes.

Mais matérias
desta edição