app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Rural

ATR tem redução de 1,1% em novembro

Queda no preço do VHP - comercializado com o mercado americano - e do etanol anidro e hidratado puxou a redução do indicador

Por Editoria do Gazeta Rural | Edição do dia 09/12/2023 - Matéria atualizada em 09/12/2023 às 04h00

O ATR do mês de novembro registrou variação negativa de 1,1% face a outubro passado. O Conselho de Produtores de Cana-de-açúcar e Etanol dos Estados de Alagoas e Sergipe (Consecana-AL/SE) informou que o valor líquido no período foi de R$ 1,3665.

De acordo com o levantamento do Consecana, apesar de o açúcar cristal e o VHP, exportado para o mercado mundial, terem alto de preço em novembro, a queda no VHP - comercializado com o mercado americano - e do etanol anidro e hidratado puxou a redução do ATR em novembro.

O saco do açúcar VHP (mercado mundial) passou de R$ 133,88 em outubro para R$ 135,69 em novembro. Já o cristal subiu de R$ 146,38 para R$ 149,45.

 

Safra da cana teve início em agosto passado
Safra da cana teve início em agosto passado - Foto: ARQUIVO
 

No sentido contrário, segundo o levantamento do Consecana, o preço do saco do VHP – mercado americano – caiu de R$ 258,23 para R$ 252,01 em novembro.

No que diz respeito ao etanol, o m³ do anidro teve redução de R$ 2.795 no mês passado para R$ 2.553 em novembro e o hidratado de R$ 2.713 para R$ 2.499.

O Consecana divulgou ainda que o preço médio de um kg de ATR, em novembro, nos produtos, foi de R$ 2,3121 com posição acumulada de R$ 2,3218.

De acordo com o levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada/ Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz/ Universidade de São Paulo (CEPEA/ESALQ/USP), que fornece os dados para o Consecana-AL/SE, a cana padrão, teve o valor líquido de R$ 155,9040 com acumulado de R$ 156,5543.

Mais matérias
desta edição